Conheça as ‘drogas da inteligência’

Conheça as 'drogas da inteligência

Honoré de Balzac era um grande entusiasta dos benefícios do café para o cérebro. O renomado escritor francês seguia uma rotina rígida – todas as noites, vagava pelas ruas de Paris à procura de um local que estivesse aberto até meia-noite para tomar a bebida. Depois, escrevia até a manhã seguinte. Relatos indicam que ele consumia 50 xícaras de sua bebida favorita em um único dia.

Em determinado momento, ele passou a comer colheradas inteiras de café moído, que acreditava trazer benefícios quando em jejum. Leia Mais

As 5 vantagens genéticas que a maioria das pessoas não tem

As cinco vantagens genéticas que a maioria das pessoas não tem

A ficção científica está cheia de super-heróis mutantes com dons especiais e habilidades extraordinárias. Mas, no mundo real, algumas pessoas comuns também possuem “poderes” especiais passados por seus genes.

Há algumas vantagens genéticas que atingem uma proporção muito pequena da população. Surgiram graças a mutações espontâneas, um processo natural que fica registrado no DNA das pessoas atingidas.

Da mesma forma que alguns herdam doenças genéticas, outros herdam genes que lhes dão capacidades inusitadas.

Conheça abaixo cinco exemplos de “superpoderes” que algumas pessoas possuem graças à genética. Leia Mais

A dramática busca dos cientistas em “ler” mentes de quem não pode falar

A dramática busca dos Cientistas em ler mentes de quem não pode falar

Desde que perdeu completamente sua voz, em 1985, o aclamado físico Stephen Hawking (1942-2018) passou a utilizar uma voz “robótica” para se comunicar. O sistema sugeria e selecionava palavras para formar as frases que ele desejava falar e era ativado pelo movimento de uma de suas bochechas – um dos últimos que ele ainda conseguia fazer. Hoje, meses após a sua morte, a ciência e a tecnologia podem estar mais perto de ajudar mais pessoas como ele. Pesquisadores estão desenvolvendo um sistema capaz de ler a “voz mental” de quem não tem movimentos no corpo.
Leia Mais

Terapia online foi regulamentada pelo Conselho Federal de Psicologia

Terapia online foi regulamentada pelo Conselho Federal de Psicologia

O atendimento psicológico online é uma realidade, há alguns anos, no Brasil e no mundo. Atento a esse cenário, o Conselho Federal de Psicologia (CFP) elaborou uma nova resolução com o objetivo de garantir que o serviço seja passível de fiscalização e prestado dentro de padrões éticos. As mudanças passaram a valer a partir dessa semana.

Com a nova resolução, cada profissional precisará se cadastrar no site do CFP, preenchendo um formulário que pede dados pessoais e profissionais, detalhes do serviço que será prestado, indicação das plataformas que serão utilizadas, entre outras informações. Os cuidados que serão tomados em relação ao sigilo do paciente também precisam ser descritos. Leia Mais

Robôs e sistemas inteligentes já são realidade em hospitais brasileiros

Robôs e sistemas inteligentes já são realidade em hospitais brasileiros

A tecnologia na medicina nunca foi tão atual. Pesquisadores e médicos de todo o mundo têm buscado definir, por exemplo, até onde é possível e seguro utilizar inteligência artificial (IA) para lidar com pacientes. Enquanto isso, tecnologias não autônomas, mas ainda de ponta, já desempenham papéis importantes em hospitais. No Brasil, os sistemas variam desde a cirurgia robótica, camas inteligentes e sistemas que unem machine learning ao reconhecimento visual para evitar a queda de pacientes. Leia Mais

Robô eleva adesão a cirurgia de próstata

Robô eleva adesão a cirurgia de próstata

Quando chegaram ao Brasil, há uma década, os três robôs utilizados em cirurgias eram uma aposta para procedimentos cardiológicos. Com o passar dos anos, eles se expandiram — hoje somam 45 — e acabaram ganhando mais destaque na área urológica, principalmente para casos de câncer de próstata. Segundo médicos, os robôs ajudam na adesão do paciente ao tratamento: por serem mais precisos, reduzem o tempo de internação e os efeitos colaterais, como disfunção erétil e incontinência urinária.“O paciente aceita melhor o tratamento cirúrgico (com robô) e, embora os riscos não sejam zero, são menores”, diz José Roberto Colombo Júnior, urologista e especialista em cirurgia robótica urológica do Hospital Israelita Albert Einstein. Leia Mais

Cientistas brasileiros sintetizam molécula que elimina vírus da hepatite C

Cientistas brasileiros sintetizam molécula que elimina vírus da hepatite C

Pesquisadores da Universidade Estadual Paulista (Unesp) sintetizaram um novo composto que inibe a replicação do vírus da hepatite C em diversos estágios de seu ciclo. O estudo, feito com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), consistiu na combinação de moléculas já existentes para produzir novos compostos biológicos, método denominado bioconjugação.

O novo composto, denominado AG-hecate, também é capaz de agir em bactérias, fungos e células cancerosas. Leia Mais

Cortar o uso de redes sociais em 30 minutos por dia reduz riscos de depressão, diz estudo

Cortar o uso de redes sociais em 30 minutos por dia reduz riscos de depressão, diz estudo

Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade da Pensilvânia descobriu que limitar o uso de redes sociais em 30 minutos por dia pode levar a melhorias significativas no bem-estar do usuário, reduzindo os riscos de depressão e solidão. As informações são do site Business Insider.

O estudo – publicado no Journal of Social and Clinical Psychology de dezembro – foi um dos primeiros a mostrar uma relação de causa e efeito entre o uso de mídias sociais e problemas de saúde mental. A maioria dos estudos anteriores sobre o assunto mostrou apenas uma correlação entre os dois. Leia Mais

O perigo escondido no iogurte que você consome

O perigo escondido no iogurte que você consome

Iogurtes são considerados por muita gente um alimento saudável, mas um estudo feito no Reino Unido mostrou que muitos destes produtos podem não ser tão bons assim para a saúde quanto se pensa.

Uma equipe liderada por pesquisadores da Universidade de Leeds, no Reino Unido, analisou a tabela nutricional de mais de 900 produtos e concluiu que a maioria são feitos com uma grande quantidade de açúcar. Isso inclui até mesmo aqueles classificados como orgânicos.

Em alguns casos, os iogurtes superam até mesmo refrigerantes na quantidade de açúcar usada na fabricação. Somente os iogurtes naturais e do estilo grego foram considerados produtos com baixo teor desse ingrediente. Leia Mais

Empresa canadense de maconha medicinal terá produção na Europa em 2019

maconha medicinal

Há pouco tempo o Canadá tornou-se o primeiro país do mundo a liberar o uso do consumo de maconha medicinal e recreativo em todo o território nacional. Não à toa a Tilray, uma das mais bem sucedidas empresas do ramo, foi fundada naquele país. E o CEO da companhia, Brendan Kennedy, aspira aumentar ainda mais seus negócios: ele anunciou durante a Web Summit que passará a exportar produtos de Portugal para a Europa a partir de 2019.

“Já exportamos para outros países e temos um ponto de distribuição em Lisboa”, diz ele. “Vamos começar a produzir na Europa. Por enquanto a gente importa apenas para seis países na União Europeia, mas está bem claro pra mim que mais e mais países vão entrar no mercado da maconha medicinal.” Leia Mais

Bill Gates exibe cocô para demonstrar sua nova tecnologia sanitária

Bill Gates exibe cocô para demonstrar sua nova tecnologia sanitária

O fundador da Microsoft Bill Gates tinha as mãos ocupadas quando subiu ao palco durante um evento em Pequim, na China, nesta terça-feira: carregava um pote com fezes humanas. O objeto fez parte do seu discurso na exposição Vaso Sanitário Reinventado, um evento de apresentação de novas tecnologias que podem evitar a propagação de doenças.

A Fundação Bill & Melinda Gates já gastou mais de US$ 200 milhões em pesquisas nessa área, nos últimos sete anos.

O pote de fezes, alertou Gates, poderia conter “nada menos que 200 trilhões de rotavírus, 20 bilhões de bactéria Shigella e 100 mil ovos de vermes parasitas”. Leia Mais

O inovador implante na medula que fez homem com paralisia voltar a andar

O inovador implante na medula que fez homem com paralisia voltar a andar

David M’Zwee havia escutado dos médicos que nunca mais caminharia. Mas uma técnica pioneira desenvolvida na Suíça contrariou o prognóstico.

Um implante elétrico desenvolvido por uma equipe da École Polytechnique Fédérale de Lausanne (EPFL) e colocado ao redor da medula espinhal mudou sua vida.

O que provoca a paralisia? Ela acontece quando os impulsos do cérebro para as pernas são interrompidos por uma lesão. M’Zwee sofreu uma lesão severa na medula espinhal há sete anos em um acidente esportivo. Leia Mais

Como a poluição sonora influencia até na obesidade

Como a poluição sonora influencia até na obesidade

A poluição sonora é um problema mais grave do que pode parecer. A Organização Mundial de Saúde (OMS) reconhece que barulho é um tema sério, pois a poluição sonora afeta diretamente a qualidade de vida de milhões de pessoas.

Em um relatório recente, a organização estipulou recomendações de níveis máximos de barulho em locais públicos como forma de combater doenças decorrentes da influência do estresse sonoro.

Um dos documentos que serviram de base às recomendações associa o excesso de ruído a doenças metabólicas e cardiovasculares, déficits cognitivos em crianças, zumbidos nos ouvidos, distúrbios do sono, danos ao aparelho auditivo e até mesmo à obesidade. Leia Mais

Como a tecnologia pode ajudar crianças a superar o medo de tratamentos médicos

Como a tecnologia pode ajudar crianças a superar o medo de tratamentos médicos
Empresas de tecnologia estão desenvolvendo novos produtos para ajudar as crianças a superar o “medo do médico”, muitas vezes traumático, e facilitar procedimentos que vão da aplicação de vacinas a tratamento de câncer.

Uma das soluções foi desenvolvida no Brasil e usa a realidade virtual para fazer as crianças cooperarem na hora da vacina.

O projeto VR Vacina faz com que as crianças usem um headset (conjunto de visor, fone de ouvido e microfone) para assistir a uma animação 3D. A história é uma aventura em que heróis vestidos de armaduras defendem suas terras de um vilão. Leia Mais

Nova camisinha que se autolubrifica e pode reduzir contágio por doenças sexualmente transmissíveis

camisinha que se autolubrifica

Com o objetivo de estimular o uso da camisinha, cientistas desenvolveram preservativos de látex que se autolubrificam quando em contato com fluidos corporais.

Além de promover maior conforto, dizem os pesquisadores, a inovação traria mais segurança aos usuários, já que a falta de lubrificação pode fazer com que a camisinha saia do lugar durante a relação.

Quando usada corretamente, a camisinha é um contraceptivo eficaz e protege contra doenças sexualmente transmissíveis – a questão é que nem todo mundo gosta de usá-la. Leia Mais

Como cães farejadores podem se tornar arma no combate à malária em países pobres

Como cães farejadores podem se tornar arma no combate à malária em países pobres

Cães farejadores estão sendo treinados para ajudar a diagnosticar malária em locais com dificuldade de acesso a sistema de saúde, com bons índices de sucesso. A ideia, segundo os cientistas, é conseguir análises rápidas em um processo simples e barato – sem necessidade de exames de sangue.

O trabalho foi apresentado nesta segunda-feira no congresso anual da Sociedade Americana de Medicina e Higiene Tropical, em Nova Orleans, nos Estados Unidos.

“As principais vantagens desse método com cães é que os testes são muito rápidos, não requerem coleta de sangue e podem funcionar facilmente em áreas remotas”, afirmou à BBC News Brasil o entomologista Steve Lindsay, especialista em Saúde Pública, professor da Universidade de Durham, da Inglaterra, e principal autor do trabalho. Leia Mais

Como a inteligência artificial está ajudando pesquisadores a aumentar a expectativa de vida dos brasileiros

A inteligência artificial pode dar pistas valiosas sobre boas (ou nem tanto) práticas de gestão em saúde. É o que afirmam quatro pesquisadores da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP), que, em parceria com um professor de Harvard, desenvolveram um algoritmo para descobrir quais investimentos em saúde pública têm potencial para aumentar a expectativa de vida dos brasileiros.

Por algoritmo, nesse caso, entende-se um modelo estatístico que aprende a tomar decisões inteligentes com os dados fornecidos. O estudo comparou a expectativa de vida oficial com uma estimativa feita a partir de uma série de indicadores socioeconômicos e atestou que mais vale a atenção voltada à saúde da família do que a focada em especialistas e aparelhos de última geração. Leia Mais

Famosos que perderam peso e ficaram irreconhecíveis

Perder peso

Todo mundo sabe que emagrecer não é fácil e que conquistar a boa forma é mais que uma questão puramente estética. Na vida das celebridades, por mais que a gente pense que não, conquistar o corpo perfeito e saudável também é um desafio.

Um bom exemplo disso, como você vai ver na matéria de hoje, são os famosos que perderam peso recentemente. E, quando a gente diz “perderam peso”, é muito peso mesmo”!

Como você vai ver, alguns perderam 20, 30 e até 45 quilos. Dá para imaginar uma transformação assim?

Agora, se você está se perguntando porque esses famosos perderam peso dessa forma tão brusca e o que eles fizeram para conseguir resultados tão bons, é melhor ler a matéria até o final. Leia Mais

Estudo aponta que pessoas altas têm mais risco de desenvolver câncer

Pessoas mais altas correm mais risco de ter câncer, de acordo com um novo estudo feito com dados de mais de um milhão de pessoas e divulgado nesta semana.

Apesar da conclusão, contudo, especialistas ressaltam que os resultados apontam um aumento muito pequeno no risco em comparação com outros fatores, como o tabagismo.

O estudo, publicado pela Royal Society, aponta para as mesmas conclusões de pesquisas anteriores e indica que, para cada aumento de 10 centímetros acima da média de altura usada como referência – 1,70 m para homens e 1,60 m para mulheres -, há um risco 10% maior de que a pessoa desenvolva câncer. Leia Mais

Cada vez mais o consumidor irá cuidar da própria saúde, diz diretor da Medley

Cada vez mais o consumidor irá cuidar da própria saúde, diz diretor da Medley

Soluções que auxiliem no acompanhamento do médico para checar se o tratamento com o paciente está sendo efetivo e opções de serviços que levem a preocupação com a saúde para mais perto do consumidor. Essas são algumas das previsões do diretor da Medley, Carlos Aguiar, para os próximos anos. “Acredito que, cada vez mais, o consumidor vai cuidar da própria saúde — acompanhando índices de perto com qualquer tipo de dispositivo”, afirma. “Quando olhamos para 10 ou 15 anos atrás, acredito que nós nem sonhávamos em estar onde estamos hoje. Nos próximos 10 anos, ainda vai mudar bastante”.

Um dos caminhos de transformação, segundo Aguiar, será por meio da popularização de ferramentas que já existem hoje, mas que ainda “atingem uma parcela muito pequena da população”. “Quando olhamos para a área de tecnologia, o que geralmente acontece é que, quando o uso aumenta exponencialmente, o custo cai radicalmente. É esse tipo de processo que deve facilitar bastante o acompanhamento médico, principalmente de doenças crônicas”, diz. Leia Mais

Uma em cada quatro mulheres não tem acesso a saneamento básico

Uma em cada quatro mulheres não tem acesso a saneamento básico

Uma em cada quatro mulheres no país não tem acesso adequado a infraestrutura sanitária e saneamento, conforme mostra um estudo do Instituto Trata Brasil, divulgado hoje (24). A falta desses serviços a 27 milhões de brasileiras contribui para reforçar as desigualdades de gêneros, pois impactam a saúde, o acesso à educação e à renda, além do bem-estar dessas mulheres, conforme as conclusões da pesquisa O Saneamento e a Vida da Mulher Brasileira. Na idade escolar, por exemplo, as meninas sem acesso a banheiro têm desempenho estudantil pior, com, em média, 46 pontos a menos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) quando comparadas à média dos estudantes brasileiros.

A falta de saneamento é uma das principais causas de incidência de doenças diarreicas, que levam as mulheres a se afastarem, em média, por 3,5 dias ao ano de atividades rotineiras, como escola ou trabalho. Leia Mais

Falta de exercício é pior para a saúde do que o cigarro, diz estudo

Falta de exercício é pior para a saúde do que o cigarro

Não se exercitar regularmente traz mais prejuízos para a saúde do que tabagismo, diabetes e doenças cardiovasculares, revela estudo publicado recentemente no periódico JAMA Network Open. Para os pesquisadores, o sedentarismo deveria ser tratado como uma doença para qual o tratamento é a atividade física, assim, um número maior de pessoas passaria a se exercitar com maior frequência. A pesquisa ainda salientou que o exercício pode ser benéfico para pessoas de qualquer idade e sexo, embora sejam mais pronunciado nas mulheres.

O hábito de manter-se fisicamente ativo também pode aumentar a expectativa de vida — em comparação com pessoas ativas, os sedentários apresentam risco 500% maior de morte prematura — e diminuir gastos com saúde. “Doenças cardiovasculares e diabetes são as doenças mais caras (nos Estados Unidos). Em vez de pagar somas enormes pelo tratamento de doenças, devemos incentivar os pacientes e comunidades a se exercitarem diariamente”, disse Jordan Metzl, do Hospital for Special Surgery, nos Estados Unidos, à CNN. Leia Mais

Seu escritório está cheio de germes. Saiba como se prevenir

Seu escritório está cheio de germes. Saiba como se prevenir

Você é o tipo de pessoa extremamente cuidadosa ao tocar maçanetas, corrimãos e objetos em áreas públicas? Ou não sabe andar sem álcool em gel na bolsa e lava as mãos sempre que possível? Bem, aqui vai uma má notícia (que talvez você já saiba): o seu escritório — onde você passa várias horas do seu dia — também está cheio de germes.

Esses micro-organismos podem contaminar um indivíduo através do contato direto (conversas com colegas doentes, troca de beijinhos na bochecha ou quando alguém espirra bem perto do seu rosto) ou de maneira indireta (quando alguém doente toca um objeto, como a maçaneta da porta ou o botão do elevador, e você toca a área contaminada e depois leva a mão à boca, olhos, nariz ou fissuras na pele). Felizmente, o risco de contaminação pode ser reduzido com a simples higienização das mãos. Leia Mais

A incrível dieta do metabolismo rápido

A incrível dieta do metabolismo rápido

Ela funciona como palha seca na fogueira: queima até 10 quilos em 28 dias! O cardápio também reequilibra os hormônios e favorece o ganho de músculos.

Quando alimentação equilibrada e exercício não surtem efeito na balança, o diagnóstico é quase certo: metabolismo lento. Característica genética? Pode ser. Ou, então, sinal de que seu organismo está se defendendo das dietas restritivas às quais já foi submetido. O fato é que, nos dois casos, ele queima o mínimo de calorias para armazenar o máximo. A Dieta do Metabolismo Rápido – a escolha mais recente da atriz Jennifer Lopez e da apresentadora Ana Maria Braga para manter o corpo impecável – promete virar esse jogo ao fazer você incinerar gordura 24 horas por dia. Leia Mais

Poder decidir ter ou não filhos traz desenvolvimento social e econômico aos países, diz ONU

Poder decidir ter ou não filhos traz desenvolvimento social e econômico aos países, diz ONU

Poder escolher ter ou não filhos tem impacto positivo no desenvolvimento social e na economia dos países, mas nenhuma nação do mundo dá às mulheres garantia plena de seus direitos reprodutivos. A conclusão é de um novo relatório do Fundo de População da ONU (UNFPA), divulgado nesta quarta-feira.

Segundo o documento, quando uma mulher tem informação e acesso a meios adequados para prevenir ou adiar uma gravidez, ela tem mais controle sobre sua saúde, pode progredir nos estudos, ingressar ou se manter no mercado de trabalho. Quando esses dois direitos são cerceados, um dos principais efeitos colaterais é a gravidez na adolescência. Segundo Jaime Nadal, representante do Fundo no Brasil, o país elevaria sua produtividade em mais de US$ 3,5 bilhões por ano se as jovens adiassem a gestação para depois dos 20 anos de idade. Leia Mais

O que acontece com seu cérebro quando é tomado pela doença de Alzheimer

O que acontece com seu cérebro quando é tomado pela doença de Alzheimer

Os efeitos da doença de Alzheimer no cérebro frequentemente não são notados com o passar dos anos, em alguns casos até décadas. Mas pesquisadores da Universidade de Oxford e de Stanford acreditam ter encontrado uma forma mais fácil de visualizar como a doença lentamente se espalha e corrói o cérebro — uma ferramenta que, segundo eles, pode ajudar outros cientistas a estudar melhor a doença fatal e incurável, além de outras enfermidades parecidas.

A doença de Alzheimer é definida pelo crescimento indomável de duas proteínas de enovelamento incorreto: tau e beta amiloide. Em uma pessoa doente, os dois tipos de proteína constantemente se acumulam, se separam e se espalham por diferentes partes do cérebro, onde elas são acumuladas novamente e, eventualmente, formam aglomerados de conteúdos difíceis de serem removidos, conhecidos como emaranhados e placas, respectivamente. É esse acúmulo combinado que, acredita-se, destrói lentamente as células do cérebro e causa os sintomas de demência associados ao mal de Alzheimer. Leia Mais

Conheça os 7 alimentos que diminuem a vontade de comer doces

7 alimentos que diminuem sua vontade de comer doces

Muitas pessoas têm um desejo incontrolável de comer doces. Quem nunca desejou um brigadeiro, um sorvete ou aquela barra de chocolate depois do almoço que atire a primeira pedra. Mas sabia que existem certos nutrientes (alimentos) que podem reduzir esse desejo? Confira abaixo alguns alimentos que vão ajudar a reduzir a vontade por doces e a não sabotar a sua dieta e, principalmente, a sua saúde: Leia Mais

Planos de saúde perdem no STJ disputa sobre medicamentos

Planos de saúde perdem no STJ disputa sobre medicamentos

Os planos de saúde perderam uma importante disputa nas turmas de direito privado do Superior Tribunal de Justiça (STJ). A 3ª e a 4ª Turmas entenderam que as operadoras devem seguir orientação médica e fornecer medicamento para finalidade não descrita em bula registrada na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) – uso off label do remédio, ou seja, não aprovado.

A 4ª Turma definiu a questão ontem, por maioria de votos, o que impede os planos de saúde de recorrerem à 2ª Seção por não haver divergência. O caso envolve a operadora Care Plus Medicina Assistencial.

A empresa recorreu de decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), que a obrigou a fornecer tratamento a uma grávida com trombocitemia essencial – doença crônica caracterizada pela produção excessiva de plaquetas na medula óssea. O medicamento solicitado durante internação é indicado para hepatite crônica. Leia Mais

Pesquisadores brasileiros desenvolvem analgésico a partir de substância extraída de aranha

Uma substância extraída da hemolinfa (fluído que tem função semelhante a do sangue dos vertebrados) de um aranha caranguejeira poderá dar origem a um analgésico para tratar dor neuropática (causada por lesões ou doença do sistema nervoso central) e atenuar problemas associadas a ela – depressão, falhas cognitivas ou de memória e atenção, por exemplo.

A pesquisa rendeu a sua autora, a bióloga Ana Carolina Medeiros, o Prêmio Jovem Neurocientista 2018, concedido no último Congresso da Sociedade Brasileira de Neurociência e Comportamento (SBNeC), realizado em agosto. Leia Mais

Sua relação com a tecnologia é saudável?

Sua relação com a tecnologia é saudável

Usar a tecnologia é uma via de duas mãos. À medida que vamos moldando os produtos para que eles atendam às nossas expectativas da melhor forma, esses produtos nos moldam de volta. Essa é a introdução da resposta da fundadora da consultoria Change Sciences Pamela Pavliscak quando questionada sobre como ter uma relação saudável com tecnologia. Pavliscak estuda a relação entre emoções e a tecnologia – e como fazer desse relacionamento algo positivo para as pessoas.

Nos casos positivos, a interação com a tecnologia é boa e satisfatória. Mas o problema são os casos negativos – com os quais você muito provavelmente já se deparou. Loops de recompensa que mantêm o usuário em redes sociais, ou que fazem instigam a fazer compras mesmo sem convicção, são exemplos das relações negativas. Leia Mais

Revolucionária dieta do ovo promete eliminar 14 quilos em 10 dias

Dieta do ovo promete eliminar 14 quilos em 10 dias

Emagrecer tem sido a meta de muita gente e é uma das promessas mais feitas durante a virada de ano, não é mesmo? Mas, o difícil é conseguir se manter firme no propósito e se privar de comer doces e comidas gordurosas, pelo menos até conseguir o objetivo final, não é mesmo?

Mas, como você vai ver hoje, existe uma forma simples, rápida e eficiente de perder peso, sem passar fome. A dieta do ovo, que você está prestes a conhecer, consiste, basicamente em reduzir o consumo de carboidratos e aumentar a ingestão de proteínas e gorduras boas, por meio do ovo, principalmente cozido, em várias refeições do dia. Leia Mais

A pesquisa que revoluciona o tratamento do câncer e foi premiada com o Nobel de Medicina

A pesquisa que revoluciona o tratamento do câncer e foi premiada com o Nobel de Medicina

Um novo tipo de terapia contra o câncer que “desativa o freio” do sistema imunológico humano e é considerada uma nova esperança para a cura da doença acaba de ser premiada com o Nobel de Medicina.

Esse é o objeto de pesquisa dos imunologistas James P. Allison, dos Estados Unidos, e Tasuku Honjo, do Japão, que foram anunciados nesta segunda-feira como os vencedores do Nobel.

A Assembleia Nobel do Instituto Karolinska de Estocolmo, na Suécia, disse que as terapias pela inibição da regulação imune negativa são “um marco” na luta contra o câncer.

As descobertas “transcendentais” feitas por ambos os cientistas “estabeleceram um princípio completamente novo” no campo da oncologia e permitem “aproveitar a habilidade do sistema imunológico para atacar as células cancerígenas”, disse a academia em um comunicado. Leia Mais

Uso de celulares por crianças provoca distúrbios do sono e baixo desempenho escolar

Uso de celulares por crianças provoca distúrbios do sono e baixo desempenho escolar

O sono tem papel fundamental na infância na prevenção de problemas como déficit de atenção e dificuldades de aprendizado.

Segundo o mestre em Pediatria pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), Denise Katz, explica que “Não é dormindo tarde que as crianças vão acordar mais tarde. Quando ela vai muito cansada para a cama, é provável que não tenha um sono tranquilo e acorde antes das horas necessárias para crescer e se desenvolver”, afirma.

De acordo com Denise, isso acontece porque o menor tempo de descanso pode danificar as mitocôndrias – pequenas produtoras de energia para o organismo. Sem elas, o corpo ganha cansaço e a função celular diminui. “Além disso, a interrupção do sono causa a perda de neurônios importantes para manter o ciclo da vigília, que garante uma alternância saudável entre os períodos em que a pessoa passa acordada e dormindo”, explica Denise. Como consequência, a pediatra conta que essas mudanças biológicas podem gerar irritabilidade, mau desempenho escolar e problemas de comportamento entre as crianças. Leia Mais

Animais também sofrem com enxaqueca?

Animais também sofrem com enxaqueca

Três em cada dez adultos já reclamaram de enxaqueca. O dado é da OMS (Organização Mundial da Saúde), que coloca a doença como a sexta mais incapacitante no mundo. Ela também está ligada a casos de ansiedade e de depressão em seres humanos.

Mas e os animais? Eles sofrem de enxaqueca?

Não é possível responder essa pergunta com um simples “sim” ou “não”, já que há pouquíssima pesquisa científica sobre o assunto.

Quais são os sintomas?

A enxaqueca é um tipo de cefaleia –termo médico para designar a dor de cabeça. Costuma se caracterizar por dor latejante recorrente, normalmente em um lado da cabeça, e pode vir acompanhada de náusea, vômito, indisposição, tontura e intolerância a luz e sons. Leia Mais

Poderosa fibra emagrecedora garante queima de gordura em tempo recorde

Poderosa fibra emagrecedora garante queima de gordura em tempo recorde

A fibra é derivada de uma rara planta do mediterrâneo chamada Plantago Ovata. E desde sua aprovação pela Anvisa está fazendo sucesso entre celebridades acima do peso.

Nessa semana viralizou na internet um vídeo que mostrava como uma poderosa fibra comercializada nos Estados Unidos e na Europa funcionava no organismo, absorvendo gordura e colesterol com a formação de um “gel” composto por essa fibra, chamada Psyllium Husk, um ingrediente raro encontrado no mediterrâneo.

Fomos até um especialista, para verificar se se tratava de uma verdade, afinal vemos a quantidade de produtos para emagrecer que não funcionam de forma simples. Conversamos com um nutricionista, que nos informou que a recente aprovação da Anvisa para esse composto, se deu por conta de milhares de pedidos de industrias farmacêuticas que conheciam o poder desse ingrediente natural. Leia Mais

Alcoólicos Anônimos lança aplicativo

Alcoólicos Anônimos

Como parte das comemorações dos 70 anos dos Alcoólicos Anônimos (AA) no Brasil, o grupo lançou um aplicativo para celulares. O objetivo é facilitar o acesso a informações como horário e local de encontros e divulgar as bases e preceitos da entidade. Tudo disponível gratuitamente em português, inglês e espanhol para os sistemas Android e IOS, digitando Alcoólicos Anônimos no Google Play e na App Store.

O AA é formado por diversos grupos que se reúnem para compartilhar experiências sobre como ajudar as pessoas que querem parar de beber e como manter sóbrios os que já deixaram o álcool de lado. “São reuniões de ajuda mútua, nos encontramos trocando experiências. Aqueles que estão há mais tempo passando a experiência de como conseguiram parar de beber, reorganizar a sua vida e buscar novos horizontes”, explicou Raul, que faz parte do grupo há 22 anos. Leia Mais

Magnetoterapia a mais nova descoberta da medicina

Magnetoterapia a mais nova descoberta da medicina

A Magnetoterapia é uma ciência bem disseminada em todo mundo pela sua eficácia em tratamentos alternativos para alívio de dores, emagrecimento e até a cura de algumas doenças.

A Magnetoterapia é baseada na ideia de que nosso corpo forma um campo magnético que reage aos ímãs quando os aproximamos. Essa ideia tem fundamento no fato do nosso corpo possuir certa porcentagem de ferro no sangue e que, junto com os íons de células e das próprias células, esses três componentes formam sozinhos um campo magnético próprio do nosso corpo. Na teoria, quando aproximamos um ímã de Neodímio, por exemplo, em uma área dolorida, sangue fresco oxigenado é atraído para o local ajudando a diminuir a acidez diminuindo e/ou curando a dor. Leia Mais

Estudo brasileiro dá aval à radiocirurgia

radiocirurgia

Ao buscar tratamento para um resfriado, a advogada aposentada Gasparina Fernandes, de 72 anos, descobriu um nódulo no pulmão. Era um câncer em fase inicial, mas ela não tinha o perfil para o tratamento mais eficaz nesses casos, que é a cirurgia, por ter outras complicações de saúde. Porém, estava no grupo de pessoas que podem ser submetidas à Radioterapia Estereotáxica Corporal, conhecida como radiocirurgia.

Segundo estudo do Hospital Sírio-Libanês publicado no Journal of Global Oncology – revista científica da Sociedade Americana de Oncologia Clínica (Asco) -, o procedimento, não invasivo, é capaz de destruir o tumor em 89% dos casos.

A pesquisa, que teve início em 2007 e durou até 2015, avaliou os resultados em 54 pacientes do hospital classificados como frágeis, geralmente idosos que já tiveram problemas de saúde, como doenças associadas ao cigarro ou cardíacas. Eles também precisavam estar com o tumor em fase inicial, com menos de 5 centímetros. Leia Mais

Saúde: 20 dicas para perder peso rápido

20 dicas para perder peso rápido e com saúde

Para emagrecer com saúde é necessário que o corpo gaste mais calorias do que consome. É por isso que as duas medidas mais importantes para chegar ao peso ideal são ajustar hábitos alimentares e praticar atividades físicas. Mas isso deve ser feito de forma gradativa e com um cardápio saudável e variado. Siga as dicas para emagrecer de forma saudável:

Dica #1:Consuma alimentos que queimam a gordura

Alguns alimentos ajudam a emagrecer porque estimulam a queima de gordura. O chá de hibisco, lichia, farinha de amora estão entre eles. Leia Mais

Estudos indicam 5 atitudes que atrapalham o emagrecimento

Estudos indicam 5 atitudes que atrapalham o emagrecimento

Grande parte das pessoas adotam dietas e seguem rotinas fitness sem saber que estão retardando o metabolismo. Veja, a seguir, alguns erros mais comuns de quem pretende perder peso:

1. Treina por muito tempo, mas com pouca intensidade

Caminhar na esteira por três horas queima cerca de 1.200 calorias. Correr por uma hora também, só que os efeitos no corpo são completamente diferentes. Detalhe: fazer exercícios vigorosos para que o corpo se desgaste e passe por um processo de regeneração, que mantém o metabolismo acelerado por dias.

Além de gastar energia para reconstruir a musculatura, você também melhora o funcionamento das mitocôndrias, responsáveis pela respiração celular. “Seu organismo produz mais dessas organelas para compensar o déficit de oxigênio provocado pelo treino aneróbico”, explica Alexandre. “Assim, a oxidação da gordura e do carboidrato se torna mais eficiente, mesmo quando em repouso.” Leia Mais

Vírus da Zika pode dar origem a tratamento de tumores no cérebro

Vírus da Zika pode dar origem a tratamento para tumores de cérebro

Em 2015, o vírus da ZIKA, originário da África, que deve ter chegado ao Brasil durante a Copa do Mundo de 2014, causou pânico entre mulheres grávidas, principalmente do Nordeste, por causa de sua capacidade de causar microcefalia em fetos, doença em que o cérebro e a cabeça da criança são menores do que deveriam ser. Agora, pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) descobriram que ele também tem um lado bom, podendo ser um aliado, com a perspectiva de se tornar um medicamento ou tratamento para alguns tipos de câncer do cérebro.

Experimentos realizados com camundongos em 2017, mas só divulgados recentemente num artigo científico publicado na revista Cancer Research, da Associação Americana para a Pesquisa do Câncer, tiveram resultados muito promissores.

“Em um terço dos animais testados a doença despareceu completamente, inclusive as metástases”, revela a geneticista Mayana Zatz, diretora do Centro de Pesquisas em Genoma e Células-tronco (CEGH-CEL), do Instituto de Biociências da USP, e uma das autoras da pesquisa. “Nos outros dois terços, houve uma redução significativa do tumor.” Leia Mais

Será o câncer um sintoma do sucesso da humanidade?

Será o câncer é sintoma do sucesso da humanidade

Entender as razões pelas quais algumas pessoas têm câncer e outras não é o maior desafio da pesquisa oncológica hoje, afirma um dos maiores especialistas na área, o pesquisador da Universidade Columbia Siddhartha Mukherjee.

A razão, diz o médico, é que há uma boa compreensão sobre as causas da doença, mas pouco se sabe o que, de fato, protege uma parte da população. “Quando começarmos a responder o porquê, será um momento realmente transformador.”

Autor do livro “O Imperador de todos os Males”, pelo qual recebeu o prêmio Pulitzer em 2011, Mukherjee fez na abertura do seminário Tecnologia Contra o Câncer, realizado pela Folha, com patrocínio da Roche e apoio do Hospital Sírio-Libanês e da farmacêutica Abbvie. Leia Mais

Vai comprar lâmpadas de LED brancas? Conheça os riscos para a saúde

Vai comprar lâmpadas LED brancas? Conheça os riscos para a saúde

No dia 1 de setembro, passa a ser proibida a comercialização, em toda a União Europeia, das lâmpadas incandescentes de halogêneo. Como alternativa existem as lâmpadas LED mas estas afetam na saúde das pessoas e animais.

As lâmpadas LED brancas dão mais luz, duram mais tempo e reduzem os custos, porém trazem problemas!

Segundo especialistas em poluição luminosa as lâmpadas LED brancas, que praticamente transformam as noites em dias causam um efeito chamdo poluição luminosa e isso provoca sérios problemas na saúde das pessoas e na vida de animais e plantas.

Um dos principais efeitos destas lâmpadas é a perturbação do sono. A luz LED branca tem na sua composição um comprimento de onda azul muito pronunciado que agrava, quando comparada com outras luzes, Leia Mais

Ministério da Saúde cria serviço no WhatsApp para combater fake news

Ministério da Saúde cria serviço no WhatsApp para combater fake news

O Ministério da Saúde criou recentemente um canal no WhatsApp para ajudar a população na consulta de notícias sobre saúde que recebeu nas redes sociais, é de fato verdadeira ou fakes (falsas). Segundo o MS qualquer cidadão poderá adicionar gratuitamente o número (61) 99289-4640 nos contatos do celular.

“Ele servirá exclusivamente para verificar com os profissionais de saúde nas áreas técnicas da pasta se um texto ou imagem que circula nas redes sociais é verdadeiro ou falso. Ou seja, é um canal exclusivo e oficial para desmascarar as notícias falsas e certificar as verdadeiras”, informou o ministério, por meio de nota.

No comunicado, o diretor de Comunicação Social da pasta, Ugo Braga, classifica as chamadas fake news como “praga da modernidade” que vem sendo usada de toda forma para manipular, enganar, iludir e prejudicar. “No caso da saúde, é muito mais grave, porque a notícia falsa mata”, reforçou, ao citar o WhatApp como principal veículo de transmissão de notícias falsas. Leia Mais

Maconha sintética fez mais de 70 pessoas terem overdose em algumas horas

Canabinoides sintéticos estão por trás de mais uma overdose em massa nos Estados Unidos. Mais de 70 pessoas em New Haven, Connecticut sofreram overdoses que aparentemente foram causadas por uma droga feita em laboratório conhecida como K2. Todas em um único dia, de acordo com a reportagem da NBC Connecticut.

No total, 72 pessoas foram mandadas para o hospital para realizarem exames, algumas com sintomas graves como inconsciência. Neste momento, no entanto, ainda não houve relatos de mortes ligadas a essas overdoses.

O surto aparentemente começou na noite de terça-feira (14), com relatos de três overdoses perto da Universidade de Yale, uma das mais renomadas do mundo. Na manhã seguinte, pelo menos 18 pessoas entraram em colapso em um parque local no centro de New Haven, segundo a NBC Connecticut. Até o fim da quarta-feira, a cidade tinha registrado pelo menos 76 suspeitas de casos de overdose. Algumas pessoas que foram tratadas no hospital voltaram para suas casas horas depois e aparentemente tiveram uma nova overdose. Leia Mais

SARM, o mais perigoso dos anabolizantes

SARM, o mais perigoso dos anabolizantes

O frasquinho chegara pelo correio, embrulhado em uma caixa de papelão. Tinha um rótulo pouco convidativo: “Impróprio para consumo humano”, dizia em inglês. Lucas Cabral, de 30 anos, 1,74 metro e bíceps de 44 centímetros, contou que não se importou com a advertência. Passava pouco das 7 da manhã quando pressionou o conta-gotas e sugou 10 milímetros do líquido transparente. Aquela era a medida ideal, segundo lera em um fórum na internet, para obter os melhores efeitos do LGD-4033 — ou Ligandrol —, um tipo novo de anabolizante que Cabral descobrira. As gotas foram despejadas sobre a língua. Não tinham gosto. Cabral tomou o café da manhã e foi trabalhar.

Cabelo cortado rente, ombros largos e uma tatuagem tribal que lhe desce pelo lado direito do dorso, Lucas Cabral exibe, com orgulho, o corpo esperado de um rato de academia. É, aliás, como se define. Treina, religiosamente, de segunda a sábado, sempre no mesmo horário. O desejo de ter o corpo trincado surgiu há cerca de três anos, quando Cabral decidiu que devia parar de fumar e eliminar a barriga de chope. “Vi meu corpo secar”, disse, animado. “Minha saúde melhorou, e minha autoestima também.”

Mas, no final de 2017, a transformação obtida na academia pareceu estagnar. Cabral já não emagrecia com a mesma facilidade, nem seus músculos cresciam no mesmo ritmo. Foi quando descobriu o Ligandrol num fórum de discussão. O composto prometia ganho muscular sem efeitos colaterais e — dado importante — dispensava o uso de agulhas. Bastavam algumas gotinhas insípidas tomadas antes do treino. Leia Mais

Carne cultivada em laboratório é carne de verdade?

Carne cultivada em laboratório é carne de verdade

Depois de séculos de um verdadeiro monopólio, a carne pode ter finalmente encontrado um adversário à altura. A provocação não vem de hambúrgueres vegetarianos, tofu ou seitan, mas de laboratórios onde células animais estão sendo cultivadas artificialmente para criar pedaços que imitam (ou, dependendo da pessoa que fala, espelham) carne. Atualmente, tem muitos nomes – carne in vitro, carne artificial, carne cultivada em laboratório, carne limpa – e pode disputar por um espaço ao lado de comidas mais tradicionais. Sejamos sinceros: o tipo de comida que vem de animais vivos, abatidos para alimentação.

Os fabricantes de carne artificial, como o Just Inc. e Memphis Meats, querem fornecer ao consumidor uma carne equivalente à sua predecessora, que tenha gosto, aparência, sensação e cheiro exatamente iguais ao que você compra em supermercados hoje em dia, só que mais sustentável. Vai demorar algum tempo pra sabermos se isso se tornará realidade ou não. Mas há outra luta, mais urgente, esquentando entre a indústria pecuária e esses novos oponentes do ringue carnal. Então aperte os cintos e se prepare para ouvir loucuras, porque a guerra dos rótulos está prestes a começar.

Em fevereiro, a U.S. Cattlemen’s Association (Associação de Pecuaristas dos EUA) fez uma petição para o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), pedindo para o governo proibir empresas de carne artificial de usar palavras como carne (beaf e meat, em inglês). Em retaliação, sua rival, a National Cattlemen’s Beef Association (Associação Nacional de Pecuaristas de Carne Bovina), escreveu uma carta opondo-se à petição. Leia Mais

Luz dos celulares pode causar cegueira

Luz dos celulares pode causar cegueira

Estudos mostram que a luz azul dos celulares como a principal responsável pelo nosso desconforto ao permanecer muito tempo olhando para uma tela, como de um smartphone ou computador. Até por isso, fabricantes começaram a incluir nos aparelhos a opção de “desligar” esse tom, principalmente para o uso noturno, quando a claridade da tela sobressai.

Uma nova pesquisa, entretanto, mostra que o problema é pior do que se imaginava. Segundo pesquisadores da Universidade de Toledo, que fica em Ohio, nos Estados Unidos, a luz azul das telas deixa algumas moléculas do olho tóxicas e pode levar à cegueira no longo prazo.

“Estamos continuamente expostos à luz azul, e a córnea e a retina do olho não conseguem refleti-la”, diz Ajith Karunarathne, professor no departamento de bioquímica da universidade e um dos autores do estudo. “Não é segredo que a luz azul machuca nossa visão e danifica a retina de nossos olhos. Mas nosso estudo mostra como isso acontece”.

A luz cria, afirmam os cientistas, um verdadeiro veneno nos olhos humanos, que desgasta constantemente o globo ocular e gera degeneração macular, uma das causas mais habituais de cegueira nos mais velhos. Leia Mais

Teste de DNA caseiro é a nova onda do momento

Teste de DNA caseiro é a nova onda do momento

Os testes de DNA para serem feitos em casa começam a ganhar força à medida que as pessoas envelhecem e procuram saber se são suscetíveis a ter determinadas doenças.

Nos EUA, US$ 73 milhões foram gastos em exames genéticos no ano passado, segundo a Kalorama Information.

No Japão, onde a população está envelhecendo rapidamente e um terço deverá ter 65 anos ou mais em 2035, o mercado é menor, mas já soma 6,6 bilhões de ienes (US$ 58 milhões) em vendas até 2022, contra 4,3 bilhões de ienes no ano passado, segundo o Fuji Chimera Research Institute.

Por 5.000 ienes (R$ 170) a 30.000 ienes (R$ 1.000), os clientes podem enviar uma amostra bucal colhida com cotonete para descobrir propensões à intolerância ao álcool e a alergias e riscos de diabetes e derrames. 

Duas startups japonesas, Genesis Healthcare e Genequest, dominam o setor no país e apostam que os kits de testes, assim como os serviços online que usam dados genéticos compilados, terão uma demanda maior quando as pessoas passarem a confiar mais na tecnologia.

“Vejo muito potencial neste negócio”, disse o fundador da Genequest, Shoko Takahashi.

A Genesis, a empresa número 1 em testes caseiros, com 70% de participação no mercado, colheu dados de mais de 600 mil usuários e pretende atingir 1 milhão neste ano. A empresa também opera como GeneLife no Japão. A Rakuten investiu 1,4 bilhão de ienes na startup com sede em Tóquio em agosto e o CEO Hiroshi Mikitani agora faz parte do conselho. Leia Mais

Conheça a tatuagem que diz como anda sua saúde

Conheça a tatuagem que diz como anda sua saúde

Uma pele ultrafina, elástica e com display, que pode ser perfeitamente vestida. Além de monitorar seu coração, ela exibe imagens pelo seu corpo. Que tal?

A chamada “pele eletrônica” foi inventada por pesquisadores da Universidade de Tóquio, no Japão, e serve para mostrar seus sinais vitais e as ondas do seu eletrocardiograma. Mostrar mesmo, para todo mundo, já que eles aparecem num display de led que pode ser vestido na sua mão.

A “e-pele” combina eletrodos com um sistema wireless que grava as informações e produz imagens.

Quem não quer mostrar os sinais vitais para o mundo?

Tudo isso pode parecer inútil ou apenas divertido, mas, na real, as informações em tempo real estampadas no seu corpo podem te ajudar a receber ajuda durante uma emergência. Leia Mais

As 5 empresas mais valiosas do mundo na disputa pela liderança da próxima revolução tecnológica – A saúde

As 5 empresas mais valiosas do mundo na disputa pela liderança da próxima revolução tecnológica - A saúde
Na última década, o smartphone deixou de ser apenas um aparelho para comunicação, tornando-se um poderoso portal
capaz de gerenciar nossas vidas. As pessoas cada vez mais vem usando estes aparelhos para comprar, compartilhar, estudar, trabalhar, jogar, pesquisar e se relacionar. Agora, além desta série de atividades, a tecnologia digital, móvel e conectada vai se expandir para uma esfera ainda maior e mais vital – A saúde.

A Apple comunicou recentemente que passou três anos preparando seus aparelhos para processar dados médicos, oferecendo produtos e recursos avançados para equipes de profissionais da área médica.
Segundo a empresa, a próxima atualização do sistema para iPhone incluirá um recurso chamado “Health Records” capaz de fazer com que os próprios usuários gerenciem e compartilhem seus diagnósticos. Integrado no aplicativo o “Apple’s Health”, um novo recurso que reunirá informações sobre médicos, hospitais e clínicas. Permitindo pela primeira vez que milhões pessoas tenham total controle dos próprios diagnósticos médicos. Seria o começo do fim dos médicos? Leia Mais

90% dos médicos adotarão tecnologias móveis no leito do paciente.

90% dos médicos adotarão tecnologias móveis no leito do paciente.
Um estudo realizado pela Zebra Technologies junto à comunidade médica aponta que dentro de cinco anos, 90% dos médicos e profissionais de saúde esperam estar usando tecnologias móveis no leito dos pacientes de hospitais de terapia intensiva. A pesquisa, chamada Futuro da Saúde: 2022 – Estudo Hospitalar, identificou o aumento do uso de laptops, tablets, scanners de código de barras sem fio e impressoras portáteis nos hospitais.

Mais de 2/3 dos entrevistados (72%) acreditam que a vantagem do uso desses equipamentos é melhorar a qualidade dos serviços prestados por oferecer informações atualizadas no leito dos pacientes e, com isso, reduzir a probabilidade de erros e diminuir a burocracia. Como efeito colateral positivo, os entrevistados indicam também um aumento do tempo de contato entre o médico e seus pacientes. Do lado dos pacientes, o interesse é reforçado: oito entre dez pacientes disseram sentir-se mais seguros por causa da tecnologia adotada.

Segundo dados da pesquisa, quase todos os hospitais participantes do estudo planejam adotar dispositivos móveis perto dos pacientes, seja por enfermeiros (97%) ou por médicos (98%), até 2022. Um dado interessante é que os hospitais esperam estender tais tecnologias para todo o ecossistema ligado a eles, como farmacêuticos, radiologistas, técnicos de laboratório e responsáveis pelo transporte de pacientes. Leia Mais

De professores a advogados estão virando moradores de rua

Moradores de rua também têm sua “classe média”, gente outrora mais abastada que entrou numa espiral de decadência da qual não conseguiu sair e, hoje, acode aos albergues da Prefeitura de São Paulo em busca de segurança e de apoio para sobreviver com as próprias pernas. É um subgrupo que não pratica a mendicância, evita dormir ao ar livre e usufrui da estrutura pública de assistência social por meses, às vezes, anos.

Sua penúria tem as mesmas origens de quase toda população excluída –desemprego, despejo, separação conjugal, doenças psiquiátricas e vício em álcool e drogas.

Mas seu tombo social costuma ser maior: até se verem sem nada e atingirem o esgotamento, passaram a maior parte da vida com trabalho e carteira assinada, fizeram cursos universitários, tiveram uma família, falam duas línguas ou mais e viajaram o mundo por conta da carreira ou por aventura.

“A gente vê que muitos moradores de rua são qualificados –tem ex-advogado, dono de posto de gasolina, piloto de avião”, diz o secretário municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, Filipe Sabará, que substituiu a vereadora Soninha Francine (PPS) no comando da pasta na gestão João Doria (PSDB) há seis meses. Leia Mais

Microchip simulador de ressonância magnética pode ajudar a diagnosticar e tratar doenças com precisão

Microchip simulador de ressonância magnética

Os pesquisadores da Caltech desenvolveram um microchip estilo “Viagem fantástica” que poderá no futuro ser ingeridos como “pílulas inteligentes” para diagnosticar e tratar doenças.

Chamados de ATOMS (transmissores endereçáveis operados como rotações magnéticas), estes microchips poderão um dia monitorar o trato gastrointestinal, o sangue e até mesmo os cérebros dos pacientes, medindo fatores que indicam problemas de saúde – como também seu pH, temperatura, pressão e taxa de glicose no sangue.

Uma matéria publicada na edição de setembro da revista Nature Biomedical Engineering descreve como funciona o novo dispositivo criado pelo cientista Manuel Monge, que agora trabalha na nova empresa Neuneink de Elon Musk. Leia Mais