Inteligência Artificial O que é e qual sua importância?

Inteligência Artificial O que é e qual sua importância

A Inteligência artificial (IA) possibilita que máquinas aprendam com experiências, se ajustem a novas entradas de dados e performem tarefas como seres humanos. A maioria dos exemplos de IA sobre os quais você ouve falar hoje – de computadores mestres em xadrez a carros autônomos – dependem de deep learning e processamento de linguagem natural. Com essas tecnologias, os computadores podem ser treinados para cumprir tarefas específicas ao processar grandes quantidades de dados e reconhecer padrões nesses dados. Leia Mais

O novo poder está na informação

O novo poder está na informação

Dados são o novo poder. Porém a informação valiosa para as empresas não é uma cláusula da legislação trabalhista, o discurso do presidente que acabou de assumir ou a dança das ações na Bolsa de Valores. O poder da informação está nos trilhões de dados produzidos atualmente ao redor do mundo, pequenas lascas de conhecimento que podem não fazer nenhum sentido quando perdidas em meio a tantas outras, mas são valiosas quando reunidas, codificadas e analisadas.

Estima-se que, em 2025, daqui a apenas sete anos, o mundo alcance 163 zettabytes de informação (cada zettabyte corresponde a 1 trilhão de gigabytes). “Nunca se criaram tantos dados na humanidade…” No entanto, 80% dos dados produzidos hoje em dia não são estruturados, isto é, estão inseridos em diversos textos aleatórios ou até mesmo em imagens e vídeos, e precisam ser garimpados. Leia Mais

Bons exemplos são a chave para inteligência artificial

inteligência artificial

Membro do alto escalão do Google, a cientista Cassie Kozyrkov acredita que os próximos avanços em machine learning dependem mais dos fins do que dos meios. Sistemas e algoritmos de inteligência artificial já estão disponíveis aos montes, afirma ela. “O mais difícil é entender o que eles vão fazer e como eles terão a certeza de que aquilo está certo.”

A pesquisadora afirmou durante a conferência de inovação e tecnologia Web Summit 2018 que os engenheiros que trabalham com inteligência artificial precisam ter em mente quais funções esses sistemas vão desempenhar — e não apenas como o farão. “Estamos tentando mudar essa mentalidade no Google”, diz ela. “Humanos ensinam algo a esses algoritmos, então tem um nível de subjetividade aí, por isso é missão de líderes e desenvolvedores pensar o que esses sistemas podem aprender.” Leia Mais

Sua página inicial na Netflix diz muito sobre você – e não apenas pelos títulos

Sua página inicial na Netflix diz muito sobre você – e não apenas pelos títulos

Quem nunca abriu a Netflix sem saber o que assistir e aceitou uma das sugestões, que atire a primeira pedra. O fato de que a plataforma se baseia no histórico de seus usuários para sugerir títulos compatíveis com o gosto de cada um não é novidade para ninguém. O que poucas pessoas imaginam é que até mesmo a imagem que ilustra cada um deles é estrategicamente escolhida para influenciar na sua escolha.

O processo foi detalhado pela plataforma em seu blog oficial. O artigo descreve como utiliza uma combinação de dados, algoritmos e machine learning para definir que tipo de imagem (no caso, trechos dos próprios filmes) funciona na hora de atrair cada tipo de pessoa. Um dos exemplos citados diz respeito à sugestão do filme Pulp Fiction. Leia Mais

Google disponibiliza curso gratuito de machine learning

Google disponibiliza curso gratuito de IA

O Google está disponibilizando gratuitamente um dos seus cursos internos projetados originalmente para ajudar funcionários da casa a trilharem sua carreira em Machine Learning e Inteligência Artificial. Segundo a companhia, mais de 18 mil funcionários foram matriculados no curso Machine Learning Crash Course (MLCC).

O curso foi publicado no novo site do Google pensado para facilitar o acesso ao aprendizado da tecnologia, o Learn with Google AI. Anunciado pela gigante de tecnologia nessa quinta-feira (28), o site também visa ser uma central para aqueles que querem aprender mais sobre os conceitos e desenvolvimento da IA, assim como aprender a aplicá-la a problemas do mundo

O Machine Learning Crash Course conta com aproximadamente 15 horas de duração. O programa traz visualizações interativas e vídeos com pesquisadores da própria companhia, além de mais de 40 exercícios práticos.

O curso foi pensado para iniciantes em aprendizado de máquina, embora o Google recomenda que os alunos saibam conceitos básicos de programação e Python. Leia Mais