Salário para desenvolvedor de blockchain já supera US$ 120 mil ao ano nos EUA

Salário para desenvolvedor de blockchain já supera US$ 120 mil ao ano nos EUA

A demanda por engenheiros de blockchain ou desenvolvedores de software continua em crescimento e os salários para essas posições estão aumentando em sincronia.

O salário médio para um desenvolvedor de blockchain nos EUA é, agora, de US$ 127 mil ao ano, com pessoas experientes chegando a ter salários de US$ 172 mil quando se mudam para novas organizações, segundo a Janco Associates, uma empresa de consultoria de gestão que realiza pesquisas salariais regulares.

“Os empregos de ERP e Blockchain estão em grande demanda. Os indivíduos podem esperar que os salários continuem a aumentar”, disse o CEO da Janco, Victor Janulaitis.

Hirad, uma empresa de recrutamento de trabalho, coloca uma média de salário para engenheiros de blockchain ainda maior do que a Janco, dizendo que eles o valor pode chegar a US$ 150 mil ou US$ 175 mil por ano. Esses números o colocam no mesmo nível dos desenvolvedores de inteligência artificial (AI).

Em comparação, os engenheiros de software ganham uma média de US$ 137 mil, de acordo com o CEO da Hired, Mehul Patel.

“Desde o lançamento do blockchain como uma especialização em nossa plataforma no final de 2017, nós testemunhamos a demanda por engenheiros de blockchain aumentando 400%. Curiosamente, o engenheiro blockchain ainda não se consolidou como um título de trabalho autônomo; em vez disso, blockchain está sendo cada vez mais incluído como uma área de especialização para back-end, arquitetos de soluções e engenheiros de aprendizado de máquina”, explica.

O blockchain, segundo Patel, está preparado para transformar tudo, desde como as pessoas verificam suas identidades até como o dinheiro é transferido. Por isso, espera-se que a longevidade seja uma opção de carreira. “Combine seu imenso potencial com o fato de que é um campo novo e crescente. Não é difícil ver a demanda por esses papéis permanecendo altos no futuro previsível”.

Uma pesquisa recente da Hired descobriu que os profissionais de TI estão cada vez mais procurando uma posição que seja desafiadora – com 64% indicando que deixariam o emprego se outro oferecesse novos desafios e problemas para resolver. Esse é um dos responsáveis por posições de carreira em machine learning/AI, devops e blockchain continuarem na vanguarda da tecnologia e uma prioridade para as necessidades de contratação, disse Patel.

Para quem contrata e procura oferecer ofertas competitivas para candidatos com blockchain ou outros conjuntos de habilidades sob demanda, a opção de trabalhar remotamente é um bom incentivo.

“Na verdade, realizamos uma pesquisa recente que descobriu que mais da metade dos talentos técnicos estão interessados ​​em trabalhar 100% remotamente. Oferecer trabalho remoto para suprir a demanda por engenheiros de blockchain e AI pode atender à demanda de talentos por essas empresas focadas no futuro”, comenta Patel.

Nos últimos 12 meses, o total de vagas para blockchain cresceu para 12.006, de acordo com a firma Burning Glass Technologies. Isso representa uma taxa de crescimento de 316% no período. Em junho, a Burning Glass reportou 5.743 trabalhos de desenvolvimento de blockchain.

O salário médio anunciado para desenvolvedores de software que exigem blockchain é de US$ 125 mil a US$ 150 mil por ano, de acordo com a Burning Glass.

Segundo o Upwork (site de trabalhos freelances), a demanda por posições baseadas em blockchain aumentou em média 96% trimestre a trimestre em termos de postos de trabalho; sendo o desenvolvimento de blockchain a habilidade mais quente no mercado de trabalho freelancer atualmente.

Lacuna de habilidades e maior remuneração

Pessoas com experiência em iterações específicas de blockchain, como Solidity e Hyperledger Composer, estão em demanda ainda maior e crescente, disse Eric Piscini, CEO da Citizens Reserve.

Além de postagens em empresas já estabelecidas, como a Deloitte, 2.977 startups de blockchain registraram 2.043 vagas de empregos, segundo o AngelList, um site para investidores e pessoas à procura de trabalho em startups.

Porém, ainda que as empresas estejam postando uma infinidade de empregos blockchain, há uma escassez de talentos para preenchê-los. Números da Upwork revelam que 53% dos gerentes de contratação entrevistados citam o acesso a habilidades como seu maior desafio de contratação, e a maioria (59%) já está utilizando talentos flexíveis.

Os principais trabalhos de blockchain disponíveis atualmente incluem cargos de nível de entrada e de estágio; engenheiros; gerentes de projeto; e desenvolvedores. As melhores oportunidades de carreira estão agora em serviços financeiros, agências governamentais e empresas de tecnologia. Todos estão buscando maneiras que blockchain pode criar novas eficiências.

Outras posições de blockchain incluem engenheiros de qualidade e consultores legais ou advogados, e web designers. Grandes organizações também estão planejando reforçar sua gestão de nível médio, uma vez que se concentram em Big Data, blockchain e conectividade de smartphones e tablets, segundo Janco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *