Conheça o celular dobrável da Samsung

samsung_foldable_display_625

O tão falado e prometido celular dobrável da Samsung deve chegar ao mercado apenas em 2019, contrariando uma reportagem publicada pela Bloomberg no ano passado que apontava o lançamento para 2017.

O chefe de engenharia da Samsung, Kim Tae-woong, afirma que a companhia sul-coreana atualmente está focando seus esforços em telas sem bordas, como a do recém-apresentado Galaxy S8.

“Como a tela sem bordas vende bem atualmente, ainda temos tempo suficiente para desenvolver a tela dobrável”, afirmou o executivo durante o evento Display TechSalon.

Apesar de não ter detalhado mais a situação, é provável que a Samsung queira mais tempo para aperfeiçoar o aparelho, ainda mais depois do fiasco do Note 7 no ano passado. »Continue lendo – Conheça o celular dobrável da Samsung…

MIT lança desafio para estimular a geração de empregos

MIT

O MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) lançou a segunda edição do “Desafio de Inovação Inclusiva”, que visa incentivar o uso da tecnologia para a criação de soluções voltadas para um mercado de trabalho mais inclusivo.

“A produtividade alcançou níveis recorde e a inovação nunca foi tão acelerada, mas, ao mesmo tempo, observamos uma queda na renda média e menos vagas de emprego”, afirmou Erik Brynjolfsson, diretor da Iniciativa para a Economia digital do MIT.

“As pessoas estão ficando para trás porque a tecnologia está avançando tão rápido que nossas habilidades e organizações não conseguem acompanhar”, completa.

Segundo Brynjolfsson, “esse é o grande paradoxo da nossa era” e uma tendência que só se intensificará, a menos que surjam novas soluções. »Continue lendo – MIT lança desafio para estimular a geração de empregos…

Será que vale a Pena Desenvolver Jogos 2D?

engines

Muitas pessoas acham que jogos 2D estão fora de moda, que tem um público restrito, ou que é apenas algo retrô, o que não é verdade.

Eu posso citar vários jogos que são populares e que fizeram sucesso no mercado mundial, títulos como Machinarium (2009), Braid (2008), Minecraft (2009), Angry Birds (2009), Super Meat Boy (2010), Limbo (2010) e FEZ (2012) e isso é só a ponta do iceberg, pois citei apenas jogos de um passado recente.

Jogos 2D existiram no passado, continuam no presente e acredito muito no seu desenvolvimento em massa no futuro, e vale lembrar que a era dos games teve seu início usando esse tipo de jogo, se bem que não tinha outra opção não verdade?

Nas décadas de 1950 até o início de 1980 todos jogos eram 2D até que em 1983 surge o primeiro jogo 3D o I, Robot. E na minha opinião ele é um jogo 2D com uma manipulação de câmera diferente da época, mas ele é considerado um primeiro jogo 3D, (não me perguntem se o jogo era bom, pois apesar de ter 42 anos eu nunca joguei).

Mas, com toda a tecnologia que temos hoje por que desenvolver jogos em 2D e não em 3D? É importante ressaltar que muitos jogos 2D atualmente são sucesso tanto de crítica quanto de vendas superando muitas vezes jogos desenvolvido em ambientes 3D, isso ocorre por causa de alguns aspectos importantes que devem ser levados em consideração quando o assunto é desenvolver jogos, são eles: »Continue lendo – Será que vale a Pena Desenvolver Jogos 2D?…

Será que você corre risco de perder seu emprego para um robô?

No futuro, você provavelmente não irá recorrer a um corretor de imóveis ao comprar uma casa nem tratar com uma pessoa ao enviar algo pelo correio ou pegar um livro na biblioteca. Em vez disso, lidará com robôs encarregados de cumprir essas funções.

É o que prevê o pesquisador Carl Frey, da Universidade de Oxford, no Reino Unido. Ao lado de outro estudioso do tema, Michael Osborne, ele elaborou uma metodologia para estimar as chances de um emprego ser automatizado. Ele argumenta que estamos entrando em uma nova fase do avanço da tecnologia sobre os postos de trabalho.

Primeiro, máquinas substituíram atividades mais simples, como funções em linhas de montagem de fábricas. Agora, com o avanço da robótica e da inteligência artificial, há uma ameaça cada vez maior a profissões que requerem habilidades mais complexas e normalmente são associadas à classe média.

“Nenhuma indústria ou ocupação é imune à automação. No passado, isso estava restrito a atividades repetitivas. Agora, há um imenso volume de dados sendo gerados. A tecnologia de computação se sofisticou. Equipamentos eletrônicos usados na robótica estão melhores e mais baratos”, afirmou o especialista à BBC Brasil.

Isso permite identificar padrões e automatizar atividades não repetitivas, como fazer uma tradução ou dirigir um carro, coisas que não acreditávamos que podíamos automatizar há uma década

Frey analisou 702 tipos diferentes de empregos com salário anual superior a 40 mil libras (cerca de R$ 160 mil) para identificar quais as profissões “de colarinho branco” que mais correm o risco de serem automatizadas. »Continue lendo – Será que você corre risco de perder seu emprego para um robô?…

Google está de olho no mercado corporativo

buscando-estrategias-alcancar-sucesso-corporacao

Que se preparem Amazon, Microsoft e IBM, porque a briga agora esquentou. Em um evento com mais de 10 mil pessoas em San Francisco (Califórnia) a Google mostrou que passou o último ano fazendo, e muito bem, sua lição de casa e que está preparada para brigar a sério pelo mercado corporativo de nuvem com a Google Cloud Platform (GCP).

Nesta quarta-feira (08/03),  primeiro dia da conferência Google Cloud Next 2017, Diane Greene, vice-presidente sênior da Google Cloud, juntou no palco grandes clientes (HSBC, Disney, eBay, Colgate-Palmolive, Verizon, HomeDepot); parceiros estratégicos de peso (SAP) e alta tecnologia, provando que tem resultados concretos para convencer os CIOs a acelerar sua jornada para a nuvem, de preferência por meio da Google Cloud e da G Suite.

Na véspera, a companhia já tinha feito vários anúncios estratégicos delineando sua nova política de preços, a lista de parceiros de tecnologia e canal, plataformas de treinamento e de desenvolvimento. E materializou tudo isso nos três andares do Moscone Center, em San Francisco, com estandes e salas para apresentações e certificações. »Continue lendo – Google está de olho no mercado corporativo…

Como se tornar um importador de produtos

importação-de-produtos

Recentemente tenho visto alguns anúncios sobre cursos que ensinam como se tornar um importador de produtos, são produtos na maioria das vezes importados da China, Estados Unido e até do Peru.

A maioria dos itens indicados pelos cursos, são camisetas de marcas, capinhas de celular, eletrônicos, suplementos, perfumes e relógios. Entretanto fica aquela dúvida no ar, será que realmente ensinam a forma correta e honesta de importar.

Pensando nisso, fiz uma lista com 10 relevantes motivos para você, quem sabe? se tornar um futuro importador de sucesso.

1º. Aprender uma atividade lucrativa;

É sempre interessante aprender uma nova atividade para incrementar nosso currículo. Mas além do lado profissional é sempre interessante aprender algo que pode ser lucrativo. No caso pode aprender a fazer uma atividade que pode lhe trazer lucro e criar um empreendimento de sucesso. »Continue lendo – Como se tornar um importador de produtos…

Como se tornar uma influenciadora digital

jade seba

Antes de começar nossa conversa, o que é na realidade uma influenciadora digital?

Influenciadora Digital é uma profissional  procurada por diversas empresas e/ou marcas que buscam  divulgar no meio das redes sociais seus produtos ou serviços. Geralmente estas empresas utilizam os influenciadores digitais para falar de forma sutil – discreta dos seus produtos ou serviços em seus posts ou vídeos, ou seja, que não pareça uma propaganda explícita ou direta, entretanto estas empresas obtém grande retorno financeiro com estes profissionais.

Um bom exemplo é a Jade Seba, como na maioria das vezes estes profissionais começaram tirando fotos despretensiosas para mostrar aos amigos a roupa do dia no espelho do elevador, até ser blogueira convidada para a semana de moda em Nova York é um caminho que poucos conseguem percorrer. Milhares de meninas – e alguns meninos – tentam conquistar fama, credibilidade e seguidores nas redes sociais e quando conseguem podem ganhar muito dinheiro. »Continue lendo – Como se tornar uma influenciadora digital…

Entenda os perigos que o Dropshipping oferece

dropshipping1

O que é Dropshipping?

O dropshipping começou a ganhar destaque nos Estados Unidos, mas atualmente, principalmente com o avanço da tecnologia, é praticado no mundo inteiro. E a ideia central dessa forma de negociar é vender um produto de um fornecedor em qualquer lugar do planeta diretamente para o cliente final.

Ou seja, como drop shipper, você é o intermediário entre fornecedor e cliente final. Você compra a um preço muito mais baixo, vende ao cliente final, e o fornecedor envia diretamente ao cliente, sem precisar da sua participação com estoque ou logística.

Essa é uma fantástica oportunidade para quem não tem muito dinheiro disponível para investir, uma vez que você precisa apenas anúnciar os produtos do seu fornecedor. Não há custos para comprar nem transportar a mercadoria, porque isso tudo já faz parte do preço final do produto, que você vai ofertar para o cliente.

 

Quais as vantagens

Como você já deve ter percebido, o dropshipping é uma alternativa boa principalmente para aquelas pessoas que querem um dinheiro a mais, e não têm como investir uma grande quantia em negócios convencionais. Além disso você pode começar de forma muito rápida, até mesmo ao acabar de ler esse artigo, procurando fornecedores e oferecendo seus produtos à pessoas que você conhece. »Continue lendo – Entenda os perigos que o Dropshipping oferece…

Para Bill Gates, robôs que roubarem empregos terão de pagar impostos

24gates-videoSmall

Para o cofundador e ex-CEO da Microsoft, Bill Gates, robôs que roubarem empregos dos seres humanos no futuro terão de pagar impostos.

O bilionário defende a taxação desse trabalho feito por robôs como uma maneira de financiar os serviços sociais da sociedade, como saúde, infraestrutura e policiamento.

“Você simplesmente não pode desistir deste imposto”, afirmou Gates em uma entrevista recente. Para Gates, as empresas não podem ficar com os lucros gerados por esse trabalho automatizado sem pagar algum tipo de imposto.

Na opinião do filantropo, o dinheiro desses impostos poderia contribuir para diversos programas sociais, incluindo realocar as pessoas que perderam empregos para os robôs em áreas em necessidade, como educação, cuidados com idosos e auxílio a crianças com necessidades especiais. »Continue lendo – Para Bill Gates, robôs que roubarem empregos terão de pagar impostos…

Casas Bahia e Pontofrio agora compram seu smartphone ou tablet usado

casasbahiarecompra_625

As redes de varejo Casas Bahia e Pontofrio lançam nesta sexta-feira, 17/2, um programa de recompra de smartphones e tablets usados dos consumidores na compra de um novo modelo.

Disponível nas lojas físicas das duas redes, e também pelo site da Casas Bahia, a iniciativa acontece por meio de parceria com a Brighstar e fornece descontos em troca dos celulares e tablets usados entregues pelos clientes “em qualquer estado”, segundo as lojas, inclusive com telas riscadas ou quebradas.

Restrições

Vale notar ainda que as regras do programa preveem que smartphones e tablets associados à perda e roubo, que não liguem/ativem ou que possuam mecanismo de localização e bloqueio de senha ativos não serão aprovados pelas lojas. E só serão aceitos aparelhos comprados no Brasil. »Continue lendo – Casas Bahia e Pontofrio agora compram seu smartphone ou tablet usado…

Telas de 15 polegadas devem dominar mercado em 2017

Telas de 15 polegadas devem dominar mercado em 2017

O desafiador cenário do mercado de PCs nos últimos anos fez com que a indústria se reinventasse para entender o que os consumidores buscam quando vão adquirir um notebook; seja esse o seu primeiro equipamento do tipo ou um upgrade tecnológico. Dentro deste contexto, podemos citar recursos como modelos 2-em-1, telas sensíveis ao toque, ferramentas de reconhecimento facial e digital, entre outros. Porém, mais recentemente, a tendência que se destaca são os notebooks com telas de 15 polegadas, máquinas que satisfazem públicos diferentes com demandas em comum, como conforto visual na navegação e versatilidade, já que atende a necessidade do usuário em diferentes atividades do cotidiano.

Hoje, o volume de vendas de notebooks de 15 polegadas já supera as máquinas com telas de 14 polegadas¹ nos varejos nacionais. Buscando as razões para esse fenômeno, a Lenovo constatou em pesquisa que 60% dos consumidores brasileiros buscam notebooks para uso compartilhado, contrariando o senso comum de que a mobilidade do equipamento é mais valorizada quando a navegação é individual. »Continue lendo – Telas de 15 polegadas devem dominar mercado em 2017…

Como criar um mini site para vender online

Se você quer criar o seu primeiro site e não sabe como fazer, criar um mini site é a melhor forma de começar. Nesta seção, você vai aprender como criar um MINI SITE para divulgação de suas idéias, produtos e serviços. Como sempre, vamos utilizar somente softwares FREEWARE. Eu garanto que esta será uma ótima experiência para você que está começando, e servirá de base para seus projetos maiores.

O que é um MINI SITE ?

Um mini site, como o próprio nome já diz é um website com poucas páginas (entre 5 e 10 páginas no máximo). São simples de criar, ótimos para divulgação de idéias e também são ótimos vendedores.

Eu tenho diversos mini sites de comércio eletrônico disponíveis neste momento, vendendo meus produtos na Internet. De fato, eu ganho muito dinheiro comercializando produtos digitais na Internet e muitos desses produtos foram criados por mim mesmo.

Para você ter uma boa idéia de como funciona um mini site de comércio eletrônico, acesse o mini site onde eu vendo meu livro digital O Mapa do Tesouro na Internet – que é um curso completo que ensina passo a passo como entrar na arena do comércio eletrônico de forma profissional. »Continue lendo – Como criar um mini site para vender online…

10 maneiras de ganhar dinheiro (extra) na internet

make-money-internet-how-to

A internet deixou de ser apenas uma ferramenta para conectar as pessoas, levar informação ou entretenimento; atualmente, existe nela um grande leque de maneiras de se ganhar dinheiro.

Com a demanda por diferentes serviços e produtos crescendo cada vez mais forte e firme, as oportunidades de fazer uma renda extra através dela também aumentam.

Selecionamos algumas das maneiras mais comuns de se ganhar dinheiro na internet:

1. Criando um blog
O conteúdo de um blog é seu componente mais importante – e o mais divertido. Você pode escrever sobre o assunto que quiser, seja sobre um hobby seu, sobre entretenimento ou até sobre sua vida pessoal, contanto que ele cative o público.

É o número de visitantes que vai atrair anunciantes, os principais responsáveis por tornar seu blog uma fonte de renda. Um cuidado importante é para não perder o foco do seu blog e mantê-lo no propósito inicial. Ou seja: trate apenas de um nicho específico. Não deixe de pensar em um layout atrativo e que também corresponda ao assunto do blog, além de atualiza-lo constantemente e ter textos bem escritos.

»Continue lendo – 10 maneiras de ganhar dinheiro (extra) na internet…

Como criar uma conta no Hotmart

ganhar dineiro na web

Criar uma conta no Hotmart é muito simples.

Como já foi dito anteriormente você não paga nada para criar sua conta e já pode começar a vender imediatamente como afiliado ou então cadastrar o seu infoproduto para venda.

O primeiro passo é criar sua conta. Não importa se quer ser um produtor ou um afiliado, o cadastro é o mesmo e você pode ser os dois dentro do sistema.

Para criar sua conta siga os passos:

  1. Acesse http://www.hotmart.com.br
  2. Preencha os dados solicitados e clique em Cadastrar
  3. Pronto, sua conta está criada
  4. Pronto, seu cadastro está feito.

Sugiro que ainda não tente trabalhar com nenhum produto, nem como afiliado, nem como produtor, pois no curso gratuito mencionado no começo do artigo, você vai aprender a encontrar os melhores produtos em seu nicho e também a cadastrar seu próprio produto. »Continue lendo – Como criar uma conta no Hotmart…

Acionistas querem tirar Mark Zuckerberg da presidência do Facebook

Mark-Zuckerberg

Um grupo de acionistas do Facebook quer discutir na reunião anual uma regra que terá o efeito de afastar Mark Zuckerberg da presidência do conselho de diretores da companhia.

Um dos fundadores da empresa, Zuckerberg também ocupa a presidência-executiva do Facebook, o que, na opinião desses acionistas, pode atrapalhar a independência do conselho. Um texto foi entregue pela SumOfUs, entidade que pressiona empresas para adotarem práticas que assegurem os direitos humanos e dos trabalhadores, ao conselho diretor na quarta-feira (1º). Leia um trecho:

“Nós acreditamos que a combinação desses dois papéis em uma só pessoa enfraquece a governança da corporação, que pode dar prejuízo aos acionistas”.

»Continue lendo – Acionistas querem tirar Mark Zuckerberg da presidência do Facebook…

Apple supera Samsung em vendas

iPhone-7-vs-Note-7-full-specs-compared

As vendas do iPhone 7 ajudaram a Apple a registrar uma receita recorde no primeiro trimestre do ano fiscal de 2017, finalizado em 31 de dezembro do ano passado, encerrando a série de três trimestres consecutivos de queda na receita.

Além disso, os 78,3 milhões de iPhones comercializados no período, totalizando 54,4 bilhões de dólares, permitiram que a Apple superasse a rival Samsung, que registrou 77,5 milhões de smartphones vendidos no trimestre. Com isso, a Apple ficou 17,8% do mercado de smartphones, um pouco à frente da concorrente sul-coreana, que fechou o ano com 17,7%.

Apesar do desempenho acima das expectativas do mercado, o iPhone 7 não conseguiu garantir rentabilidade para a empresa, já que as margens foram muito pressionadas no período.

O resultado foi que o lucro da fabricante registrou queda de 2,5%, de US$ 18,3 bilhões um ano antes para US$ 17,8 bilhões no trimestre. Em contrapartida, a receita aumentou 3,3%, para US$ 78,3 bilhões contra US$ 75,8 bilhões nos três primeiros meses do exercício fiscal de 2016. »Continue lendo – Apple supera Samsung em vendas…

HDs de até 16 TB estão a caminho

HDs de até 16 TB estão a caminho

Os HDs em SSD é um caminho sem volta: depois que você compra um, fica difícil usar computadores sem o dispositivo. Mas isso não quer dizer que o HD está morto, pelo contrário. Os fabricantes continuam lançando discos rígidos com cada vez mais capacidade. A Seagate, por exemplo, afirma já estar trabalhando em uma unidade com 16 TB que deverá ser lançada em até 18 meses.

Atualmente, os modelos mais parrudos (em termos de capacidade) da Seagate trabalham com até 10 TB de capacidade, o que já é bastante impressionante. Essas unidades, naturalmente, são bem caras. É por essa razão que elas costumam ser direcionadas para uso em datacenters ou aplicações de NAS, como é o caso da linha IronWolf Pro, cuja versão de 10 TB custa por volta de US$ 450 nos Estados Unidos — esse modelo deve chegar ao Brasil neste trimestre custando cerca de R$ 2.500. »Continue lendo – HDs de até 16 TB estão a caminho…

Novos Samsung Galaxy A5 e A7 chegam a partir de R$2.100

galaxy-a3-a5-a7

A Samsung anunciou nesta sexta-feira, 27/1, durante evento em São Paulo, o lançamento no Brasil dos seus novos smartphones intermediários Galaxy A5 e Galaxy A7.

Os modelos 2017 da linha trazem algumas coisas em comum, como resistência contra água e poeira (certificação IP68), suporte para a plataforma de pagamento móvel Samsung Pay, sistema Android 6.0.16 (Marshmallow) e o fato da câmera traseira não ficar mais saliente, o que torna o design mais agradável.

Outro ponto em comum são as câmeras de 16MP, traseira e frontal, que estão presentes em ambos os aparelhos. Com abertura f1.9, elas também se destacam por recursos como o botão disparador flutuante, que pode ser posicionado em qualquer lugar da tela, facilitando a vida do usuário na hora de tirar suas fotos. »Continue lendo – Novos Samsung Galaxy A5 e A7 chegam a partir de R$2.100…

Como escolher o melhor Home Broker

home broker

Primeiramente vamos definir o que vem a ser um Home Broker. Home Broker é o sistema que possibilita a negociação de ações e outros ativos financeiros diretamente através da internet.

Foi implantado em 1999 e seu principal objetivo é facilitar o acesso ao mercado acionário e permitir que cada vez mais pessoas façam parte dele, de forma simples e eficiente.

Com o passar do tempo a internet mudou a comunicação, a difusão da informação e até mesmo as formas de se resolver as tarefas do dia a dia. De fazer compras a investir, praticamente tudo ficou mais fácil. Assim como já é possível realizar transações bancárias sem sair de casa, o investidor também pode administrar seus investimentos somente por meio de plataformas online integradas à Bovespa por meio do chamado home broker. Antes restritos aos mercados de ações e opções, atualmente esses sistemas também permitem a operação de fundos de investimento, títulos públicos e contratos futuros. Praticidade e taxas de corretagem geralmente mais baixas são os grandes trunfos do home broker.

É verdade que outras formas de comunicação não deixaram de existir na troca de informações entre corretoras e investidores. Além das conversas para aconselhamento, o telefone vira salvação em momentos em que falhas de conexão na internet poderiam causar prejuízos ao investidor. Na hora de escolher um home broker, portanto, o melhor é tentar aliar bom preço a estabilidade do sistema, oferta ampla de informação e fácil acesso a analistas de carne e osso. »Continue lendo – Como escolher o melhor Home Broker…

Odebrecht quer mudar de nome para se reerguer

odebrecht

O que você faria se tivesse com a reputação no lixo, fosse considerada a empresa mais corrupta do mundo e tivesse que se reerguer em meio à maior recessão da história?

A Odebrecht, que passa pela mais grave crise em 72 anos, tem dois ou três planos para tentar superar essa fase, que inclui a troca do nome do grupo, a redução dos negócios em até 60% e a disseminação da ideia de que errou ao subornar políticos, mas mantém a excelência técnica.

De todos os planos, a troca de nome é o mais polêmico pelos riscos embutidos. A unificação da marca Odebrecht em quase todos os negócios do grupo ocorreu em 2013 por decisão de Marcelo Odebrecht, herdeiro do grupo preso em Curitiba.

Segundo um executivo que participou do processo, foi uma “decisão imperial” porque havia vários especialistas contra a unificação, justamente pela má reputação que a empreiteira tinha por causa do envolvimento em sucessivos escândalos, como os que ocorreram no governo de Fernando Collor, em 1992, na manipulação do Orçamento federal, em 1993, e as suspeitas de que o então presidente Fernando Henrique Cardoso beneficiara o grupo em 1998.

»Continue lendo – Odebrecht quer mudar de nome para se reerguer…