Telas de 15 polegadas devem dominar mercado em 2017

Telas de 15 polegadas devem dominar mercado em 2017

O desafiador cenário do mercado de PCs nos últimos anos fez com que a indústria se reinventasse para entender o que os consumidores buscam quando vão adquirir um notebook; seja esse o seu primeiro equipamento do tipo ou um upgrade tecnológico. Dentro deste contexto, podemos citar recursos como modelos 2-em-1, telas sensíveis ao toque, ferramentas de reconhecimento facial e digital, entre outros. Porém, mais recentemente, a tendência que se destaca são os notebooks com telas de 15 polegadas, máquinas que satisfazem públicos diferentes com demandas em comum, como conforto visual na navegação e versatilidade, já que atende a necessidade do usuário em diferentes atividades do cotidiano.

Hoje, o volume de vendas de notebooks de 15 polegadas já supera as máquinas com telas de 14 polegadas¹ nos varejos nacionais. Buscando as razões para esse fenômeno, a Lenovo constatou em pesquisa que 60% dos consumidores brasileiros buscam notebooks para uso compartilhado, contrariando o senso comum de que a mobilidade do equipamento é mais valorizada quando a navegação é individual.

E o que isso significa para o mercado? Em primeiro lugar, que a necessidade em PCs no Brasil vai muito além da mobilidade. O computador que é usado simultaneamente em família para estudo, home office e entretenimento ainda é o modelo mais procurado. Com uma estrutura maior, os modelos de 15 polegadas são multitarefas e oferecem ainda funções diferenciadas, como a facilidade do teclado numérico e tecnologias como áudio Dolby Advanced, que elevam a experiência de consumo de vídeos e filmes a uma qualidade muito superior.

Claro que a mobilidade ainda importa, ainda que seja apenas de um quarto para outro, e esse é mais um acerto desse tipo de modelo. Com peso aproximado de 2kg, não difere de notebooks comuns, o que torna o seu transporte fácil quando necessário. Desempenho também não é um problema, com opções que vão desde um processador Intel Celeron até Core i7 com 1TB de memória, com placa gráfica e recursos de tecnologia de ponta. Por fim, a tela maior possibilita a execução de tarefas com mais conforto e eficiência do que quando feitas no visor de um celular, por exemplo.

Ao passo que a indústria busca oportunidades dentro desse competitivo mercado, novidades como notebooks de 15 polegadas que atendam a configuração desejada, podem ser o principal motor para a retomada do setor em 2017. Cabe agora às empresas atenção ao que o público demanda e entregar as soluções necessárias, mas sempre sem esquecer o toque de inovação.

* Luiz Sakuma é gerente sênior de produto da Lenovo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *