Galaxy S8 e Galaxy S8+ os novos smartphones top da Samsung

samsung-galaxy-s8

A Samsung começa a vender seus novos smartphones Galaxy S8 e S8+ no Brasil nesta sexta-feira (12/05). Com boas novidades, como a assistente pessoal Bixby (ainda não disponível em português), boas câmeras e a mudança no design que promete distanciar de vez a linha de aparelho do iPhone, os celulares são a aposta da sul-coreana para se manter como líder de vendas e apagar os arranhões em sua imagem provocados pela crise com o Note 7.

Por outro lado, o S8 custa a bagatela de R$ 4 mil e o S8+, R$ 4,4 mil. Os valores indicam que ponto negativo dos aparelhos é o preço, o maior já cobrado pela sul-coreana em todo o mundo, segundo levantamento  nas lojas online em que a empresa já vende os smartphones ou já os colocou em pré-venda.

É bom lembrar que a Samsung apresentou  novos smartphones topo de linha, o Galaxy S8 e seu irmão maior, o Galaxy S8+. Os aparelhos vieram para tentar compensar o fiasco do Galaxy Note 7 (sim, aquele que explodiu), mas principalmente para competir com o iPhone 7 e o iPhone 7 Plus, que estão no mercado desde setembro.

Apesar de o iPhone 7 ser a última versão do dispositivo da Apple, ele já é considerado “coisa do passado” para os especialistas de tecnologia. Afinal, a empresa comandada por Tim Cook irá lançar o próximo modelo do iPhone provavelmente em setembro. A data é importante, pois o smartphone da Apple comemora uma década de existência neste ano e promete vir todo repaginado.

»Continue lendo – Galaxy S8 e Galaxy S8+ os novos smartphones top da Samsung…

Apple supera Samsung em vendas

iPhone-7-vs-Note-7-full-specs-compared

As vendas do iPhone 7 ajudaram a Apple a registrar uma receita recorde no primeiro trimestre do ano fiscal de 2017, finalizado em 31 de dezembro do ano passado, encerrando a série de três trimestres consecutivos de queda na receita.

Além disso, os 78,3 milhões de iPhones comercializados no período, totalizando 54,4 bilhões de dólares, permitiram que a Apple superasse a rival Samsung, que registrou 77,5 milhões de smartphones vendidos no trimestre. Com isso, a Apple ficou 17,8% do mercado de smartphones, um pouco à frente da concorrente sul-coreana, que fechou o ano com 17,7%.

Apesar do desempenho acima das expectativas do mercado, o iPhone 7 não conseguiu garantir rentabilidade para a empresa, já que as margens foram muito pressionadas no período.

O resultado foi que o lucro da fabricante registrou queda de 2,5%, de US$ 18,3 bilhões um ano antes para US$ 17,8 bilhões no trimestre. Em contrapartida, a receita aumentou 3,3%, para US$ 78,3 bilhões contra US$ 75,8 bilhões nos três primeiros meses do exercício fiscal de 2016. »Continue lendo – Apple supera Samsung em vendas…