HDs de até 16 TB estão a caminho

HDs de até 16 TB estão a caminho

Os HDs em SSD é um caminho sem volta: depois que você compra um, fica difícil usar computadores sem o dispositivo. Mas isso não quer dizer que o HD está morto, pelo contrário. Os fabricantes continuam lançando discos rígidos com cada vez mais capacidade. A Seagate, por exemplo, afirma já estar trabalhando em uma unidade com 16 TB que deverá ser lançada em até 18 meses.

Atualmente, os modelos mais parrudos (em termos de capacidade) da Seagate trabalham com até 10 TB de capacidade, o que já é bastante impressionante. Essas unidades, naturalmente, são bem caras. É por essa razão que elas costumam ser direcionadas para uso em datacenters ou aplicações de NAS, como é o caso da linha IronWolf Pro, cuja versão de 10 TB custa por volta de US$ 450 nos Estados Unidos — esse modelo deve chegar ao Brasil neste trimestre custando cerca de R$ 2.500. »Continue lendo – HDs de até 16 TB estão a caminho…

Novos Samsung Galaxy A5 e A7 chegam a partir de R$2.100

galaxy-a3-a5-a7

A Samsung anunciou nesta sexta-feira, 27/1, durante evento em São Paulo, o lançamento no Brasil dos seus novos smartphones intermediários Galaxy A5 e Galaxy A7.

Os modelos 2017 da linha trazem algumas coisas em comum, como resistência contra água e poeira (certificação IP68), suporte para a plataforma de pagamento móvel Samsung Pay, sistema Android 6.0.16 (Marshmallow) e o fato da câmera traseira não ficar mais saliente, o que torna o design mais agradável.

Outro ponto em comum são as câmeras de 16MP, traseira e frontal, que estão presentes em ambos os aparelhos. Com abertura f1.9, elas também se destacam por recursos como o botão disparador flutuante, que pode ser posicionado em qualquer lugar da tela, facilitando a vida do usuário na hora de tirar suas fotos. »Continue lendo – Novos Samsung Galaxy A5 e A7 chegam a partir de R$2.100…

Como escolher o melhor Home Broker

home broker

Primeiramente vamos definir o que vem a ser um Home Broker. Home Broker é o sistema que possibilita a negociação de ações e outros ativos financeiros diretamente através da internet.

Foi implantado em 1999 e seu principal objetivo é facilitar o acesso ao mercado acionário e permitir que cada vez mais pessoas façam parte dele, de forma simples e eficiente.

Com o passar do tempo a internet mudou a comunicação, a difusão da informação e até mesmo as formas de se resolver as tarefas do dia a dia. De fazer compras a investir, praticamente tudo ficou mais fácil. Assim como já é possível realizar transações bancárias sem sair de casa, o investidor também pode administrar seus investimentos somente por meio de plataformas online integradas à Bovespa por meio do chamado home broker. Antes restritos aos mercados de ações e opções, atualmente esses sistemas também permitem a operação de fundos de investimento, títulos públicos e contratos futuros. Praticidade e taxas de corretagem geralmente mais baixas são os grandes trunfos do home broker.

É verdade que outras formas de comunicação não deixaram de existir na troca de informações entre corretoras e investidores. Além das conversas para aconselhamento, o telefone vira salvação em momentos em que falhas de conexão na internet poderiam causar prejuízos ao investidor. Na hora de escolher um home broker, portanto, o melhor é tentar aliar bom preço a estabilidade do sistema, oferta ampla de informação e fácil acesso a analistas de carne e osso. »Continue lendo – Como escolher o melhor Home Broker…

Odebrecht quer mudar de nome para se reerguer

odebrecht

O que você faria se tivesse com a reputação no lixo, fosse considerada a empresa mais corrupta do mundo e tivesse que se reerguer em meio à maior recessão da história?

A Odebrecht, que passa pela mais grave crise em 72 anos, tem dois ou três planos para tentar superar essa fase, que inclui a troca do nome do grupo, a redução dos negócios em até 60% e a disseminação da ideia de que errou ao subornar políticos, mas mantém a excelência técnica.

De todos os planos, a troca de nome é o mais polêmico pelos riscos embutidos. A unificação da marca Odebrecht em quase todos os negócios do grupo ocorreu em 2013 por decisão de Marcelo Odebrecht, herdeiro do grupo preso em Curitiba.

Segundo um executivo que participou do processo, foi uma “decisão imperial” porque havia vários especialistas contra a unificação, justamente pela má reputação que a empreiteira tinha por causa do envolvimento em sucessivos escândalos, como os que ocorreram no governo de Fernando Collor, em 1992, na manipulação do Orçamento federal, em 1993, e as suspeitas de que o então presidente Fernando Henrique Cardoso beneficiara o grupo em 1998.

»Continue lendo – Odebrecht quer mudar de nome para se reerguer…

O que esperar do Bitcoin em 2017

bitcoin

A moeda digital Bitcoin teve grandes conquistas em 2016, tendo atingido o valor de  R$3.699 no dia 28 de Dezembro, o maior preço da história, segundo o MercadoBitcoin.com.br, empresa que opera moedas digitais no Brasil.

No fim do ano passado, o valor de todos os Bitcoins somados chegou a 16 bilhões de dólares. Existem hoje 16 milhões de moedas em circulação no mercado, e elas chegarão a um total emitido de 21 milhões em 2033, avalia a casa de câmbio.

A principal característica que gera valor ao Bitcoin é sua escassez. Assim, a vontade das pessoas de comprar ou vender Bitcoins é o que determina seu preço.

O CEO da companhia, Rodrigo Batista, avalia algumas das principais variáveis que podem afetar a procura e, por consequência, o preço da moeda em 2017. Confira a seguir:

1 – Donald Trump na presidência dos EUA

Em dezembro, quando o Bitcoin estava na casa dos 700 dólares o banco de investimento Saxos publicou um artigo em que diz que as medidas econômicas sinalizadas por Donald Trump podem aumentar o déficit e a inflação nos EUA. Como o Bitcoin é imune a políticas monetárias de países, ele seria visto como uma alternativa de proteção. Segundo o banco, este fator poderia elevar o Bitcoin para 2100 dólares até o fim de 2017. No início deste ano ele já está sendo negociado a mais de 1000 dólares. »Continue lendo – O que esperar do Bitcoin em 2017…

Carros e baterias inteligentes são itens mais desejados por brasileiros

baterias_inteligentes

Os smartphones serão o item mais influente neste ano — produtos ou serviços que serão muito comentados pelas pessoas —, seguido por baterias inteligentes (sem a necessidade de conexão por fio), de acordo com pesquisa encomendada ao Datafolha pelo IEEE (Instituto de Engenheiros Eletricistas Eletrônicos), organização mundial dedicada ao avanço da tecnologia), sobre as principais tendências tecnológicas para 2017

O levantamento revela, por outro lado, que os telefones fixos, seguidos de computadores de mesa e câmeras fotográficas digitais, são considerados pelos entrevistados do Datafolha como os itens mais supérfluos.

A pedido do IEEE, a pesquisa quantitativa, com abordagem pessoal em pontos com alto fluxo de pessoas, teve como objetivo investigar a opinião dos brasileiros acima dos 16 anos, de todas as classes sociais, sobre as principais tendências tecnológicas para este ano. Foram realizadas 2.068 entrevistas, entre os dias 24 e 28 de novembro de 2016, em 130 municípios distribuídos por todo o Brasil, com índice de confiança de 95%. A metodologia usou perguntas de múltipla escolha, e os entrevistados podiam selecionar mais de uma alternativa como resposta.
»Continue lendo – Carros e baterias inteligentes são itens mais desejados por brasileiros…

Amazon pede patente de tecnologia para guardar produtos no céu

amazon-prime-air

A Amazon pediu o registro de uma patente para uso de aeronaves que funcionariam como centros de distribuição aéreos de produtos a serem entregues com a ajuda de drones.

Feito dois anos atrás, o pedido de patente só foi percebido apenas na quarta-feira (28) por Zoe Leavitt, um analista de dados de tecnologia da empresa de pesquisa de mercado CB Insights.

Segundo a descrição da tecnologia, drones lançados dos chamados “centros de suprimento aéreos” (AFC, na sigla em inglês) usariam menos energia que os lançados a partir do chão. Ilustração da ideia no pedido de patente mostra veículos semelhantes a dirigíveis como parte do sistema. »Continue lendo – Amazon pede patente de tecnologia para guardar produtos no céu…

Correios em crise, anuncia o fim do e-Sedex

esedex

Má notícia para os consumidores e lojas online: os Correios decidiram acabar com o e-Sedex, serviço exclusivo para o comércio eletrônico.

Com um preço mais baixo, próximo de uma encomenda padrão, o e-Sedex oferece os mesmos prazos de entrega do Sedex normal. A única diferença é a área de cobertura, que é menor, e o limite de peso de 15 quilos.

Em entrevista ao O Globo, o presidente dos Correios, Guilherme Campos Júnior, confirmou a notícia, que seria uma forma da empresa, em crise, conseguir melhorar sua situação financeira. “O e-Sedex tem preço de PAC (serviço convencional) e qualidade de Sedex. Isso é ter a liberdade de ser solteiro com o conforto de casado”, afirmou o executivo ao jornal.

O e-Sedex deixará de funcionar após a virada para 2017, segundo os Correios. »Continue lendo – Correios em crise, anuncia o fim do e-Sedex…

Motorola quer distância de smartwatches

moto-360

A plataforma Android Wear teve um ano difícil. O que começou com um anúncio promissor do Android Wear 2.0 durante a conferência Google I/O terminou com um lançamento adiado, uma completa falta de novos modelos e, agora, uma fabricante desiludida.

Em uma nova entrevista para o The Verge, o diretor global de desenvolvimento de produtos da Motorola, Shakil Barkat, afirmou que a empresa se decepcionou com smartwatches e não “vê força suficiente no mercado” para lançar um novo modelo em um futuro próximo.

Não faz tanto tempo assim em que o Moto 360 era um dos smartwatches mais interessantes do mercado. Um dos primeiros aparelhos a adotar a plataforma do Google, o relógio foi uma resposta do Android ao Apple Watch: um aparelho com design bonito, incluindo uma tela circular clássica e um preço acessível. Uma segunda geração chegou no fim de 2015 com melhorias aguardadas e esperava-se que a terceira geração chegaria junto com o Android Wear 2.0. »Continue lendo – Motorola quer distância de smartwatches…

Uber vai larçar serviço de entrega de comida

uber-eats

Após mexer com o serviço de táxis no Brasil, o Uber se prepara para fazer o mesmo com o segmento de delivery: isso porque a empresa se prepara para lançar um serviço de entrega de comida em São Paulo, segundo informações da Folha de S.Paulo.

Já disponível em 52 cidades pelo mundo, incluindo países como EUA, França e Alemanha, o Uber Eats está em busca de motociclistas na capital paulista. Prova disso é o que Uber abriu vagas recentes no LinkedIn para cargos como gerente de marketing e gerente de parcerias.

De acordo com o jornal, o Uber também entrou em contato com os seus motoristas oferecendo um bônus de 400 reais para quem indicar motociclistas para o novo serviço em SP – o valor só será pago após o motociclista realizar um determinado número de corridas pelo Uber Eats. »Continue lendo – Uber vai larçar serviço de entrega de comida…

Internet das coisas se aproxima da realidade

iot

Até pouco tempo atrás vista como ficção científica, a internet das coisas já assume funções cotidianas com aplicações na indústria, no varejo e no controle da saúde.

Sensores para monitorar condições físicas de pilotos de avião e motoristas de frotas, dispositivos para avaliar desempenho de carros, medidores de estoque e pontos de entrada de expediente acionados por impressão digital são alguns dos produtos que estão sendo ofertados no Brasil por companhias de tecnologia nacionais e estrangeiras.

Nesta semana, a Oi lançou na Futurecom 2016, evento do setor realizado nesta semana em São Paulo, um produto chamado Oi Smart, que é uma plataforma de automação para a criação de "ambientes inteligentes", como define a empresa.

Trata-se de um conjunto de equipamentos de segurança já conhecidos do consumidor, como câmeras, alarmes, sensores de movimento e biometria. A diferença é que eles são conectados uns aos outros em uma única plataforma, podem ser programados e transmitem informações ao usuário por meio do celular ou do computador. »Continue lendo – Internet das coisas se aproxima da realidade…

Android Auto agora está disponível para todos os carros

android-auto

O Google anunciou nesta segunda-feira, 7/11, uma notícia para os motoristas: a partir de agora é possível usar a sua interface Android Auto diretamente no smartphone.

Com a mais recente atualização, não é mais necessário possuir um carro compatível com o Android Auto. Basta ter um smartphone com Android 5.0 ou versão mais recente do sistema – que antes já era necessário, mas em conjunto com o automóvel devidamente compatível.

A notícia é interessante uma vez que as pessoas não compram um carro novo todo ano. Além disso, nem todos os modelos são compatíveis com o Android Auto, apesar desse número ter certamente crescido ultimamente.

Muita gente já usa o smartphone como navegador no carro, preso em um suporte, por exemplo, mesmo com a usabilidade não ser das melhores. »Continue lendo – Android Auto agora está disponível para todos os carros…

Estudantes criam impressora Braille de baixo custo

impressora-em-braile

Um grupo de alunos do curso técnico em Informática das Escolas e Faculdades QI de Viamão (RS) resolveu colocar seus conhecimentos em prática para ajudar um colega, deficiente visual, e criou uma impressora Braille de baixo custo que poderá facilitar a inclusão dos deficientes visuais na vida acadêmica. Os estudantes são Josiane Giannechini e João Lessa, que foram orientados pelo professor Rodrigo Moreira Barreto.

A impressora não utiliza cabos e é acionada por voz através do celular. O usuário pode ditar um texto, que será impresso em Braille ou, também por voz, indicar o nome do arquivo que deseja que seja impresso. Segundo Josiane, as impressoras atuais com essa tecnologia custam de 3 a 4 mil reais e ainda são difíceis de operar. A ideia é que a impressora dos alunos chegue ao mercado com o valor aproximado de 500 reais.

“Uma das formas de baratear o equipamento foi reaproveitando ao máximo peças de impressoras usadas. Quase metade do material que precisávamos retiramos de uma única impressora multifuncional”, explica Barreto. “Queremos tornar o produto o mais acessível possível. Inseri-lo em diversas escolas para que os estudantes com essa dificuldade possam imprimir seus próprios textos e ter mais esse recurso para estudo”, diz Josiane.
»Continue lendo – Estudantes criam impressora Braille de baixo custo…

Saiba qual o salário “justo” para cada emprego

Salario Justo

O LinkedIn quer tornar mais simples a tarefa de discutir o salário com seu (futuro ou atual) chefe. A rede social criou uma ferramenta que apresenta compensações “justas” para cada tipo de emprego, e faz isso com base em dados estatísticos e tendências de mercado.

O novo serviço apresenta um gráfico com os salários pagos para trabalhadores de determinadas funções em regiões específicas. Por exemplo, o sistema indica quanto ganha um desenvolvedor de sistemas em Nova York.

A partir desse dado macro, é possível aprofundar-se para navegar entre variaveis e particularidades da profissão, com filtros por indústria, padrões atrelados a níveis de educação e mesmo ver o efeito da “experiência acumulada” na remuneração de uma pessoa.
»Continue lendo – Saiba qual o salário “justo” para cada emprego…

Facebook em baixa – ações caem mais de 6%

facebook

As ações do Facebook caíram mais de 6% nesta quarta-feira (02/10) depois que a companhia alertou que o crescimento da receita vai desacelerar neste trimestre, ofuscando um balanço positivo que ficou acima das expectativas de Wall Street.

Em uma teleconferência com analistas, o diretor financeiro do Facebook, David Wehner, disse que o crescimento dos ganhos com anúncios provavelmente vai diminuir “significativamente” devido a limites no número de anúncios que o Facebook pode colocar diante de seus clientes.

Ele também disse que 2017 será um ano de investimento agressivo, o que representará uma elevação substancial dos gastos. As ações do Facebook caíram 6,9%, a US$ 118,45.

Receita cresce 56% no trimestre

Apesar de o alerta sobre o quarto trimestre ter assustado alguns investidores, a empresa bateu as expectativas dos analistas em seu resultado do último trimestre.
»Continue lendo – Facebook em baixa – ações caem mais de 6%…

vendas de tablets decepcionam

tablets-em-baixa

As vendas de tablets continuam derrapando, e nem mesmo o iPad Pro conseguiu ajudar a recuperar o mercado.

Apple, Samsung, Amazon e outras fabricantes de tablets venderam um total combinado de 43 milhões de unidades no terceiro trimestre de 2016, segundo novo levantamento da IDC. Esses números marcam uma queda de 14,7% em relação ao mesmo período do ano passado.

Os analistas da consultoria culpam os laptops híbridos “2 em 1” mais baratos como alguns dos maiores culpados por mais um resultado ruim.

“Essa corrida para baixo é algo que já experimentamos com os slates e pode se provar prejudicial ao mercado em longo prazo uma vez que os laptops destacáveis poderiam facilmente ser vistos como aparelhos descartáveis em vez substitutos em potencial para os PCs”, afirma o pesquisador sênior da IDC, Jitesh Ubrani.

»Continue lendo – vendas de tablets decepcionam…