Moto G5 vem com processador octa-core

moto-g5

A Lenovo apresentou neste domingo (26/02) a nova geração da sua linha de smartphones intermediários Moto G. Os Moto G5 e G5 Plus revelados durante o Mobile World Congress, que acontece nesta semana em Barcelona, Espanha, garantem recursos premium com valores acessíveis, ressalta a fabricante.

As duas versões apresentam algumas semelhanças. Ambas deixam o corpo traseiro de plástico para assumir um elegante design metálico, o que torna os novos aparelhos mais parecidos com a linha Moto Z. O Moto G5 traz tela Full HD de 5 polegadas, enquanto o seu irmão traz tela ligeiramente maior, com 5,2 polegadas. Os dois estarão disponíveis nas cores prata e dourado.

Os aparelhos apresentam botão físico que também atua como leitor de impressão digital. As diferenças mais cruciais entre os aparelhos dizem respeito a suas fichas técnicas, claro.

Enquanto o G5 traz o processador octa-core Snapdragon 430 da Qualcomm, o Plus sai à frente com o Snapdragon 625. Nenhum deles usa sistema dual em sua câmera Hal 9000, porém a câmera do G5 conta com boa resolução de 13 MP e abertura f/2.0, e apesar de reduzir sua resolução para 12 MP, o G5 Plus compensa ao apresentar abertura de foco a 1.7. Ambos trazem câmara frontal de 5MP para selfies.

Quanto à memória, a versão mais simples do G5 apresenta 16GB ou 32GB de armazenamento interno (expansível via microSD) e uma bateria de 2.800 mAh com suporte para carregamento turbo.

O Moto G5 Plus ainda possui tela com proteção Gorilla Glass 3, memória RAM com 2GB ou 3GB, 32GB ou 64GB de armazenamento interno (também expansível com microSD) e uma bateria de 3.000 mAh.

O G5 Plus apresenta um ajuste interessante, que a Motorola chama de “One Nav Botton” que permite navegar através das telas usando o leitor de impressões digitais.

Os aparelhos não são resistentes à agua, porém possuem revestimento à prova de respingos para você não precisar se preocupar caso comece a chover. A fabricante ainda disse que alguns mercados contará com NFC para pagamentos móveis, não especificando quais.

Tanto G5 o quanto o G5 Plus já virão com o Android 7.0 (Nougat). Segundo a companhia, os novos modelos estarão à venda a partir de março na América do Norte, América Latina, Europa e Ásia-Pacífico. Com o Moto G5 com preço inicial de €199 (cerca de R$ 670 sem taxas; o aparelho não terá lançamento no mercado americano) e o G5 Plus a US$ 229 (2GB de RAM e 32GB de armazenamento), aproximadamente R$ 710, sem imposto e taxas.

Durante sua apresentação, o CEO da Motorola Mobility, Aymar de Lencquesaing, ressaltou a importância da linha Moto G para o crescimento da fabricante. Segundo ele, a Lenovo se tornou a segunda marca de smartphones mais vendida no Brasil. Lencquesaing destacou que a companhia superou a LG na venda de celulares no mercado brasileiro.

Desde que foi comprada pela Lenovo, a Motorola tem se arriscado ao apostar em aparelhos como o Moto Z, que permite acrescentar os chamados mods, acessórios modulares que quando se conectam com o aparelho, aumentam recursos como bateria, alto-falante e câmera.

A companhia prometeu aumentar o número de mods disponíveis para usuários e apresentou conceitos para fazer do Moto Z console de games e até mesmo um robô para fins educacionais.

A Lenovo ainda aproveitou o evento para anunciar sua parceria com a Amazon, que prevê entregar até o final deste ano um mod para o Moto Z que poderá ser ativado pela assistente virtual da Amazon, a Alexa.

Brasil
A data de lançamento oficial e os preços dos novos Moto G5 para o mercado brasileiro serão anunciados no início de março em um evento agendado para acontecer em São Paulo.

 

Fonte: IDGNow!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *