Google Translate usa redes neurais por tradução melhor e mais humana

ap_resize

O Google Translate está liberando um upgrade importante que promete traduções de idiomas mais parecidas com as feitas por pessoas.

O Google está otimista com a sua tecnologia Neural Machine Translation, alegando que esse é um upgrade maior para o serviço do que tudo que foi alcançado nos últimos dez anos.

A gigante de Mountain View está liberando as melhorias para oito pares de idiomas nas buscas, nos apps do translate, e no site do serviço. Você conseguirá encontrar a nova tecnologia por trás das traduções entre inglês e português, francês, alemão, espanhol, chinês, japonês, coreano e turco. Segundo o Google, essa lista compreende mais de 35 de todas as solicitações de idiomas.

O diretor de produtos do Google Translate, Barak Turovsky, afirmou que o novo sistema olha para frases inteiras em vez de apenas traduzir uma palavra por vez. Muitas vezes, palavras não possuem uma tradução direta de uma língua para outra. Por isso, essa nova abordagem pode fornecer um resultado mais próximo de como as pessoas realmente se comunicam.

Como ficou mais fácil entender cada frase, artigos e parágrafos traduzidos ficam muito mais suaves e fáceis de ler. E tudo isso é possível por causa do sistema de aprendizado de ponto a ponto construído em Neural Machine Translation, o que basicamente significa que o sistema aprende a criar traduções melhores e mais naturais com o tempo.

A inteligência da nuvem do Google não é apenas para os serviços da empresa para os usuários finais. Também é um componente importante dos seus esforços corporativos ao colocar o aprendizado de máquina no G Suite e outros serviços.

Para poder testar a novidade, basta ir ao site do Google Translate ou atualizar o aplicativo para iOS ou Android.

Fonte: IDGNow!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *