FGTS vira alvo de ataque de cibercriminosos

FGTS roubo

Com a liberação para saques de contas inativas do FGTS, as pessoas viraram iscas para diferentes ataques de cibercriminosos pelo país.

Segundo a Kaspersky Lab, as estratégias dos criminosos incluem usar sites falsos, e-mails maliciosos e posts em redes sociais, tudo para distribuir trojans bancários, modificar o roteador da vítima e roubar dados pessoais.

E o fato de existirem muitos sites não oficiais sobre o assunto só contribui para a confusão dos usuários.

Os ataques por e-mails trazem mensagens com links que apontam para arquivos maliciosos, enquanto que nas redes sociais, especialmente no Facebook, a estratégia consiste em criar páginas falsas e até mesmo comprar anúncios para divulgar esses conteúdos.

Conforme descoberto pela Kaspersky, um dos posts divulgados pelos criminosos no Facebook mandava os usuários para um site malicioso preparado para atacar o roteador da vítima.

Por exemplo, a página em questão prometia a possibilidade de transferir dinheiro das contas inativas do FGTS para outros bancos, quando na verdade um script malicioso tentaria alterar os DNSs do roteador da vítima durante o acesso, configurando assim redirecionamentos maliciosos para sites falsos de bancos brasileiros.

Fonte: IDGNow!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *