Como se tornar um importador de produtos

importação-de-produtos

Recentemente tenho visto alguns anúncios sobre cursos que ensinam como se tornar um importador de produtos, são produtos na maioria das vezes importados da China, Estados Unido e até do Peru.

A maioria dos itens indicados pelos cursos, são camisetas de marcas, capinhas de celular, eletrônicos, suplementos, perfumes e relógios. Entretanto fica aquela dúvida no ar, será que realmente ensinam a forma correta e honesta de importar.

Pensando nisso, fiz uma lista com 10 relevantes motivos para você, quem sabe? se tornar um futuro importador de sucesso.

1º. Aprender uma atividade lucrativa;

É sempre interessante aprender uma nova atividade para incrementar nosso currículo. Mas além do lado profissional é sempre interessante aprender algo que pode ser lucrativo. No caso pode aprender a fazer uma atividade que pode lhe trazer lucro e criar um empreendimento de sucesso.

2º. O investimento não é alto

Por mais que pode parecer interessante ter um negócio da China, não quer dizer que você tenha que gastar muito para conseguir. São diversas as opções de cursos e se pensar que o investimento pode fazer de você um empreendedor verá que o retorno compensa o que foi investido.

Produtos-importados

3º. Não exige experiência

Não pense que você precisa ter diversos cursos ou uma formação específica. Tudo que você precisa é ter dedicação e empenho para conseguir o que deseja. Claro que ter algum conhecimento em negócios ou atividades relacionadas é bem vindo, mas não é obrigatório desde que tenha foco nos seus objetivos.

4º. Ótimo mercado para explorar

Imagine oferecer um produto importado (de qualidade superior) no mesmo preço ou até mais barato que um produto nacional. Se já atende ou conhece um público-alvo pode fazer disto um grande nicho e explorar o mercado.
Fazendo um bom planejamento conseguirá ser bem sucedido e se manter à frente em seu segmento.

5º. Oportunidade com marcas globais

Marcas de grife são facilmente conhecidas em todo o mundo pois conseguem um grande alcance, estão sempre na mídia e acabam se destacando de alguma forma. Isto faz com que os produtos sejam não apenas conhecidos, mas desejados por muitos. Com isso pode aproveitar para vender mais e com facilidade.

6º. Possibilidade de criar uma loja virtual

A internet pode significar uma grande fatia ou até mesmo todo o seu faturamento. Independente do tipo de negócio que deseja criar, pode facilmente colocar online e ampliar o alcance de seu empreendimento. Muitos desejam realizar o sonho de trabalhar de qualquer local e ter uma loja virtual pode ser o primeiro passo para isso.

7º. Acesso fácil ao mercado chinês

Uma das economias mais promissoras dos últimos anos, a China oferece todo um mercado de produtos com preço baixo e com grande aceitação mundial. Com uma lista de fornecedores de produtos chineses pode conseguir comprar a preços baixos e vender com grande margem de lucro.

8º. Atividade legal

Todo o processo de importação é feito de forma legal e com procedência. Diferente do que alguns podem pensar importar produtos pode ser um negócio legítimo e legalizado.

9º. Trabalhar com produtos recém lançados ou que são novidades

Toda informação é global e hoje ficamos sabendo do lançamento de produtos em qualquer parte do mundo quase que de imediato. E uma das oportunidades é aproveitar justamente o desejo que é gerado para muitos que buscam novidades e não desejam aguardar por uma versão nacional. Aproveite e traga novidades para seus clientes logo que forem lançadas e saia na frente na hora de vender.

10º. Ser um empreendedor

Em nosso blog já falamos bastante sobre o sonho de ser empreendedor e ter o seu próprio negócio. Mostramos como montar seu plano de negócios e ainda demos algumas dicas importantes sobre empreendimentos digitais. Se conseguir enxergar as melhores oportunidades e descobrir como ser um bom importador de produtos pode alcançar seu objetivo, ter uma ótima renda e ainda ser o seu próprio patrão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *