Files Go do Google libera a memória do seu celular

Files Go

Dias depois de apresentar um aplicativo que ajuda o controlar o uso do 3G e do 4G , o Google lançou outra ferramenta para simplificar o dia a dia dos usuários. Batizado de Files Go, o novo app é um gerenciador de arquivos voltado para liberar memória do celular com mais rapidez. O serviço também ajuda a localizar os arquivos e compartilhá-los com outras pessoas com mais agilidade.

Ao instalar o Files Go , os usuários recebem sugestões sobre os arquivos que podem ser excluídos, como aplicativos pouco utilizados, arquivos muito grandes ou arquivos duplicados . O gerenciador também consegue identificar memes e vídeos em baixa resolução com a ajuda da tecnologia Mobile Vision, desenvolvida pelo Google, para indicar onde você pode ganhar espaço no celular.

Para ajudar a encontrar os arquivos mais rapidamente, o aplicativo oferece uma série de filtros inteligentes que organizam imagens, vídeos, apps e documentos de forma automática. Todo o material pode ser enviado para o Drive, serviço de armazenamento na nuvem do Google. Para isso, basta selecionar o arquivo desejado e escolher a opção de backup para a plataforma ou em qualquer outra ferramenta de armazenamento na nuvem.

O app também é capaz de realizar transferências de arquivos entre smartphones com mais rapidez sem precisar utilizar nenhum dado móvel. De acordo com o Google, as transferências utilizam criptografia e chegam a velocidades de até 125 Mbps. Com apenas 6 MB no momento da instalação, o aplicativo pode ser uma boa solução para aparelhos com pouco espaço de armazenamento.

Ainda que os modelos com 16 GB e 32 GB de memória sejam cada vez mais comuns, boa parte dos aparelhos ainda conta com um espaço bem reduzido, em torno de 4 GB. Em fase de testes há cerca de um mês, o Files Go ajudou os usuários a economizarem 1 GB de espaço, em média, além de compartilhar uma série de arquivos com outras pessoas sem utilizar a franquia de dados móveis. O aplicativo está disponível para aparelhos Android 5.0 (Lollipop) ou mais recentes.

Fonte: Tecnologia – iG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *