GM compra startup que desenvolve sensores para carros autônomos

GM adquire startup que desenvolve sensores para carros sem motorista

A General Motors vem buscando garantir um espaço cativo no cada vez mais concorrido universo de carros autônomos. Depois de adquirir no ano passado a startup Cruise Automation para endossar sua nova divisão Autonomous Vehicle Development, a gigante que fabrica as marcas Chevrolet, Buick e Cadillacs anunciou nesta semana seus planos de adquirir outra startup da indústria, a Strobe.

A Strobe se especializou na fabricação de sensores LiDAR (sigla em inglês para Light Detection And Ranging) que, em resumo, atuam como os “olhos” desses veículos.

Segundo o próprio CEO da Cruise, Kyle Vogt, a Strobe conseguiu, com sucesso, reduzir o aparato de sensores LiDAR em único chip. Algo que ajudará a reduzir os custos de produção em quase 100%.

Em post publicado no Medium, Vogt diz que a tecnologia da Strobe ajudará a montadora a acelerar a produção e a implementação de carros sem motorista. Ele explica que os sensores da startup fornecem dados de distância e de velocidade que podem ser checados com outros sensores, como radares para fins de redundância. Leia Mais

Dell vai investir em pesquisa e desenvolvimento de IoT

A Dell Technologies anunciou nesta terça-feira, 10, a criação da Divisão de Soluções para Internet das Coisas (IoT), que será comandada por Ray O’Farrell, CTO da VMware. A área será responsável por combinar tecnologias do amplo portfólio de serviços e soluções da Dell Tecnologies para oferecer soluções ao mercado. Além disso, a companhia investirá US$ 1 bilhão nos próximos três anos em novos produtos, laboratórios e programs de parcerias para auxiliar na implementação de projetos de IoT pelas empresas.

“A IoT está mudando a forma como vivemos, como as organizações operam e como o mundo funciona”, explica Michael Dell, chairman e CEO da Dell Technologies. “A Dell está liderando o caminho para nossos clientes com a distribuição de uma nova arquitetura de computação que reúne IoT e inteligência artificial em um ecossistema interdependente, que vai da borda ao núcleo, passando pela nuvem”, completa. Você com o poder da IBM: Inteligência artificial projetada para negócios Patrocinado

De acordo com O’Farrell, a Dell identificou grandes oportunidades para expansão da IoT no mundo, dado o seu histórico no mercado de tecnologia de ponta. “A divisão de IoT aproveitará a força em toda a família de negócios da Dell para garantir que oferecemos a solução certa, em combinação com o nosso vasto ecossistema de parceiros – para atender às necessidades dos clientes e ajudá-los a implantar sistemas IoT integrados com maior facilidade.” Leia Mais

Bem vindo ao Mundo 3.0

Falando especificamente de negócios, as coisa não funcionam mais como antes.

Soluções que vem desde o século passado, não solucionam mais nada. Operações que eram simples, agora tornaram-se sistemas complexos. Padrões de comportamento e relacionamento instituídos à décadas são desconstruídos em meses. As formas de relacionamentos com os stakeholders, transformam-se do dia para a noite. As propostas de valor estabelecidas lá atras, não tem mais valor.

É todo um novo mundo, uma quantidade enorme de oportunidades. Mas, para quem está olhando somente para si mesmo e para o seu “problema”… tudo parece uma ameaça.

Em 2011 foi previsto que até 2021, 40% das empresas listadas no Fortune 500, desapareceriam por dificuldade de se adaptar. E essa porcentagem, vem aumentando ano a ano.

É possível entender esse cenário de transformação e mudança no qual estamos inseridos hoje?

É possível acompanhar todas a mudanças? Leia Mais

De professores a advogados estão virando moradores de rua

Moradores de rua também têm sua “classe média”, gente outrora mais abastada que entrou numa espiral de decadência da qual não conseguiu sair e, hoje, acode aos albergues da Prefeitura de São Paulo em busca de segurança e de apoio para sobreviver com as próprias pernas. É um subgrupo que não pratica a mendicância, evita dormir ao ar livre e usufrui da estrutura pública de assistência social por meses, às vezes, anos.

Sua penúria tem as mesmas origens de quase toda população excluída –desemprego, despejo, separação conjugal, doenças psiquiátricas e vício em álcool e drogas.

Mas seu tombo social costuma ser maior: até se verem sem nada e atingirem o esgotamento, passaram a maior parte da vida com trabalho e carteira assinada, fizeram cursos universitários, tiveram uma família, falam duas línguas ou mais e viajaram o mundo por conta da carreira ou por aventura.

“A gente vê que muitos moradores de rua são qualificados –tem ex-advogado, dono de posto de gasolina, piloto de avião”, diz o secretário municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, Filipe Sabará, que substituiu a vereadora Soninha Francine (PPS) no comando da pasta na gestão João Doria (PSDB) há seis meses. Leia Mais

Antes de Marte astronautas vão à Lua

O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, afirmou nesta quinta-feira (05/10) que o governo norte-americano planeja enviar humanos de volta à Lua. Trata-se, segundo Pence, de uma missão que melhor preparará o país para a exploração de Marte e outros planetas do nosso Sistema Solar.

Os novos planos vão contra o que o ex-presidente Barack Obama defendia. Ele rejeitava a ideia de concentrar esforços e verba para enviar astronautas à Lua. “Nós já estivemos lá”, dizia ele.

Durante sua administração, Obama havia aprovado o desenvolvimento de um grande foguete,  o Space Launch System, e a cápsula espacial Orion. No entanto, ao assumir o poder Donald Trump descartou o projeto que usaria tais sistemas quando ficarem prontos.

Em um discurso realizado no Museu Nacional Smithsonian do Ar e do Espaço, no estado da Virginia, o vice de Trump disse que política espacial dos EUA perdeu a sua vantagem e precisa se reafirmar.  Leia Mais

Fones de ouvido do Google faz tradução simultânea

Google lançou uma nova tecnologia que vai quebrar de vez a barreira dos idiomas: fones de ouvido que fazem tradução simultânea.

A tecnologia utilizada é a Pixel Buds, a mesma do Google Tradutor. Por conta disso, ele oferece suporte para 40 línguas.

Com o recurso ativado, quando uma pessoa fala com você, o microfone capta o áudio e devolve o sinal de áudio com a tradução do que foi dito. Há um delay nesse processo, mas a demonstração do Google no palco do seu principal evento de hardware do ano, realizado em San Francisco nesta semana, mostra que esse tempo é de segundos.

Para simular o processo de tradução dos fones de ouvido, você pode usar o aplicativo grátis do Google Tradutor no seu smartphone. Leia Mais

Entenda por que as montadoras estão investindo em serviço de compartilhamento de bicicletas

A montadora Ford anunciou recentemente seu serviço de compartilhamento de bicicletas, algo até então bem estranho para uma montadora de automóveis, onde seu foco seria naturalmente carros, não acham?

Talvez sim a uma década atrás, mas hoje é necessário que as grandes, médias ou pequenas empresas se reinventem,  cada vez mais estamos imersos em um mundo onde a tecnologia dá saltos exponenciais. O projeto da Ford indica que a empresa já percebeu para onde estamos sendo guiados, e que a bola da vez poderá não ser óbvio -“carros”, mas sim, nossa mobilidade.

Serviços com bicicletas inteligentes tem objetivos claros: fornecer informações importantes sobre seus usuários, como seu tempo de uso, sua geografia, seus horários e fluxos entre outras necessidades ainda invisíveis aos nossos olhos, oriundas de um mundo em  mudanças aceleradas e irreversíveis. Leia Mais