15 Passos para criar um Blog Profissional

Blogueiro Profissional

São vários os fatores que motivam uma pessoa a querer se tornar um Blogueiro Profissional. Muitos acham que basta criar um blog profissional, colocar alguns anúncios do Google Adsense e pronto, vai chover dinheiro em sua conta, mas esses blogueiros ao notarem que não é bem assim que as coisas funcionam, simplesmente abandonam seus blogs e vão elaborar outra idéia mirabolante para ganhar dinheiro fácil. Mais um detalhe importantíssimo que algumas pessoas não entendem: investimento é necessário em qualquer negócio, até para ganhar na loteria você precisa investir no bilhete que poderá vir a ser sorteado.

Pode parecer um pouco agressivo da minha parte começar o artigo assim, mas é a pura realidade. Um blogueiro que realmente quer alcançar o sucesso pode cometer os erros apontados acima, mas assim que perceber seu erro, o blogueiro determinado a vencer vai estudar e planejar como criar um blog profissional de sucesso.

Nesse artigo, vou descrever os passos básicos para você que pretende ter um blog profissional por bem mais do que 3 meses, para você que pretende ter um blog profissional.

1 – Estude

Esse passo talvez seja o mais importante de todo o processo. Aqui você vai aprender sobre as mais diversas ferramentas que um blogueiro vai utilizar durante sua caminhada.

Pense que se você obter sucesso com seu projeto, provavelmente você vai trabalhar nesse blog por longos anos e por isso você deve firmar bases sólidas de conhecimento.

O estudo na vida de um blogueiro é contínuo, até para postar 1 pequeno artigo, muitas vezes é necessário uma pesquisa para expandir suas idéias sobre o tema, imagine então para criar um blog profissional do zero, ainda mais se você não for formado em áreas tecnológicas e não tem um contato com a internet que não seja apenas ler notícias e postar no Twitter e Facebook. Estude firme antes de pensar em criar um blog.

Onde estudar? Metablogs, fóruns sobre criação de blogs, SEO e uma sugestão que faço, mas é pessoal e utilizo para mim: leiam fóruns sobre tecnologia, economia ou marketing. Ajuda muito a expandir as idéias. Fica a dica!

2 – Planejamento

Aqui você vai começar a definir sua área de atuação, qual plataforma utilizar, qual ou quais nichos irá atuar, quais sistemas de monetização utilizará em seu blog, decidirá quanto tempo vai dedicar ao(s) seu(s) blog(s), quantos artigos lançará por semana e por mês, decidirá o nome de seu blog e diversas outras variáveis.

2.1 – Escolha do nicho

Definir o nicho em que você atuará é muito importante, pois você vai escrever sobre esse tema central por muito tempo, é bem interessante que você goste do tema que vai escrever. Não escolha um tema muito restrito e nem um tema abrangente demais, pois no primeiro caso corre o risco do assunto não ter leitores o suficiente e nem ter a possibilidade de você escrever muitos artigos ao longo dos anos.

No segundo caso, ou seja, um tema muito abrangente, você terá que enfrentar uma concorrência forte, muitas vezes até de grandes empresas e atualizar o seu blog com uma frequência enorme, algo muito difícil para apenas uma pessoas. Se você optar mesmo assim por entrar em um nicho abrangente, considere ter uma equipe trabalhando com você.

Uma excelente ferramenta para pesquisar como está a concorrência em um determinado nicho é o Google’s Keyword Tool.

2.2 – Escolha do nome

Depois de escolher o nicho ou os nichos em que irá atuar, escolha o nome do seu blog ou dos seus blogs. Leve em consideração as palavras-chave que pesquisou no Google’s Keyword Tool, mas definitivamente não crie nomes apenas para agradar os buscadores, tenha equilíbrio ao escolher.

Escolha uma combinação entre o nome que você gosta, um nome que combine com o nicho de mercado que você escolheu e que possa se destacar como marca. Antes de criar este blog, fiquei longas horas pensando em algo que combinasse com o nicho de metablogs, um nome que os buscadores e leitores pudessem identificar facilmente e que me agradasse. Resultado: Profissional Blog!

3 – Comece a agir

É hora de sair do planejamento, começar a tirar as idéias que você estruturou no “papel” e colocá-las em prática. Muitas pessoas tem medo de colocar suas idéias em ação, algumas por medo de dar errado, outras por serem perfeccionistas e ainda existem aquelas que adoram planejar demais e demoram excessivamente a começar a agir.

É preciso saber dosar entre estudo, planejamento e ação. Senti a necessidade de incluir esse tópico como passo, pois vejo isso acontecer muito com várias pessoas.

4 – Registre o seu domínio próprio

Definitivamente registre um domínio próprio! Facilita para os buscadores indexarem e ainda facilita para os leitores memorizarem e criarem uma empatia com seu blog. Para se criar um blog pessoal não é necessário um registro de domínio, para criar um blog profissional é obrigatório nos dias atuais com grande concorrência que se crie um blog com domínio próprio.

5 – Escolha da plataforma

Aqui entramos em um assunto polêmico. Apenas é possível criar um blog profissional no WordPress? Eu diria que não. Conheço blogs de grande qualidade que foram criados em outras plataformas como por exemplo o Blogger. Eu mesmo tenho um blog sobre séries no Blogger.

Mas aqui vai uma recomendação pessoal: crie seu blog no WordPress!

Por experiência própria eu digo que essa plataforma dá mais opções para o blogueiro, principalmente se a intenção deste é ser um problogger. As ferramentas do WordPress, em minha opinião, são mais profissionais e os plugins nos permitem várias customizações, que em outras plataformas, provavelmente, teríamos que perder muito tempo editando HTML.

6 – Contrate uma boa hospedagem

Se você optou por criar seu blog profissional no WordPress (sábia decisão) você terá que contratar uma boa hospedagem, pois acredite, a pior coisa que tem é você contratar uma hospedagem que te deixa na mão a todo momento.

7 – Faça uma análise de mercado

Dificilmente você será o único em seu nicho de mercado, portanto terá concorrentes (que ao mesmo tempo poderão ser amigos e parceiros), antes de lançar seu blog, faça uma análise de mercado, verificando as brechas que existem e quais assuntos os outros blogs e sites do seu nicho não estão abordando ou estão abordando de forma superficial, assim você poderá elaborar estratégias, traçar planos e escrever artigos que o distinguirão do restante, portanto serão o seu diferencial. Esse passo tem valor dobrado se você pretende se destacar em um nicho de mercado mais saturado, como é o caso do nicho de metablogs, games, esportes, entre outros.

8 – Crie contas nas principais redes sociais

Uma das melhores formas de divulgar seu projeto, sem dúvidas, é criando contas nas redes sociais e enviando seus artigos para os mesmos.

Recomendo que crie e registre suas contas logo ao decidir o nome e o domínio do seu blog para que não corra o risco de não conseguir o nome que queria. Eu mesmo não consegui todos os endereços que eu gostaria, mas mesmo assim registrei rapidamente meus endereços no Facebook, Twitter e Google + que são as redes em que o Profissional Blog pretende ter uma atuação mais constante.

9 – Crie uma conta no Feedburner e elabore uma campanha de email marketing

Se você pretende fidelizar seus leitores e ganhar dinheiro na internet é de fundamental importância que seus leitores tenham a opção de receber seus artigos por email, já que muitos leitores acessam a internet através do trabalho e ainda utilizam leitores de feeds para visualizar conteúdos.

O ideal é utilizar o Feedburner, pois o feed original do WordPress (se você escolheu esta plataforma) não tem uma qualidade satisfatória. Sobre email marketing e os melhores programas para ganhar dinheiro com lista de emails, eu falarei em outra oportunidade.

Outro detalhe fundamental nos dias de hoje é criar uma lista de emails, elaborando uma campanha de email marketing de qualidade, e também utilizando ferramentas profissionais como o Egoi, Mail Chimp e o Aweber.

10 – Crie seu blog

Escolha seu tutorial preferido e crie seu blog, seja ele no WordPress, BloggerWebnode, existem tutoriais de qualidade para todas plataformas, não tem desculpas, hoje em dia com o Google, só não consegue criar um blog quem não quer.

11 – Escolha um template diferenciado e profissional

Se você não quiser ser só mais um no mercado, terá que se diferenciar em vários quesitos e um desses é justamente ter um template bonito, funcional e diferenciado. Noto em certos nichos que os blogueiros gostam de seguir tendências dos concorrentes, nada contra, isso é até legal por um lado, pois cria um padrão em determinado nicho, facilitando e orientando os principiantes como será os pontos básicos de seu tema.

Mas eu recomendo fortemente ao blogueiro que pretende se destacar, a criar ou comprar um tema completamente original, onde pelo menos você se tornará pioneiro naquele estilo e outros blogueiros terão interesse em seguir a sua tendência. Originalidade vale em todos os sentidos, sendo com qualidade, sempre trará bons resultados, inclusive na hora de escolher um template de qualidade. Aos interessados, eu utilizo um template da Elegant Themes e recomendo fortemente os serviços desta empresa.

12 – Implemente os principais widgets, plugins e páginas antes do lançamento

Uma das piores coisas que pode acontecer, é seu tema estar cheio de falhas quando os leitores começarem a frequentar seu blog de forma mais constante.

Recomendo que você faça as traduções de seu tema (se necessário), instale os principais widgets e plugins, crie as principais páginas e formulários, antes do lançamento do blog, pois assim você poderá fazer as modificações necessárias com calma e sem prejudicar a experiência dos leitores.

13 – Capriche no Português

Dificilmente um blogueiro é formado em Letras ou jamais irá errar ao escrever um artigo. Fato! Mas para que a experiência do leitor ao ler seus artigos seja a mais agradável possível, tente escrever com a maior qualidade que você conseguir e esteja sempre aprimorando sua escrita, se policie para não cometer erros grosseiros. Se você tiver dificuldade muito grande, tente fazer um curso ou compre bons livros de gramática.

Você também pode digitar no Word e só depois passar para o editor de artigos da sua plataforma de blogs. Eu geralmente escrevo diretamente no editor do WordPress (por isso já peço desculpas por eventuais erros, sempre que avistarem um, me avisem), mas não tenho nenhum problema em consultar quando tenho dúvidas. Quanto melhor estiver o seu português, mais rápido e com mais qualidade você conseguirá criar artigos.

14 – Interaja com seus leitores

Um blogueiro que espera ter sucesso em seu projeto, deve entender de uma vez por todas: seus leitores são a variável mais importante para alcançar o sucesso.

Respeite seus leitores, esclareça suas dúvidas, sempre que possível responda a todos comentários, não modere comentários de forma desrespeitosa ou arbitrária. Tenha em mente: sem os seus leitores, um blog não é nada.

15 – Escreva conteúdos de qualidade e originais

Esse passo poderia muito bem ser um dos primeiros, devido a sua enorme importância, escrever conteúdos de qualidade e relevância é o mínimo que você pode oferecer aos seus fiéis leitores.

Quando eu disse em um dos primeiros passos, que o blogueiro que almeja o sucesso deve tentar abordar assuntos que a concorrência ainda não abordou ou que abordou superficialmente, naturalmente faz com que você crie conteúdos originais.

Logicamente que de vez em quando você vai abordar assuntos repetidos ou criar tutoriais que já existem, mas tente colocar seu ponto de vista único nesse assunto ou tornar seu artigo diferenciado de alguma forma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *